Bale: “Falam sobre individualidade, mas eu sempre disse que eu sou um jogador de equipe”

Atacante fez o gol da vitória do Tottenham contra o Brighton, em seu primeiro gol depois do retorno ao clube

O fim de semana do Tottenham teve gol de um ídolo. Gareth Bale voltou a marcar com a camisa dos Spurs, depois de sete anos e 166 dias entre o último gol, em maio de 2013, e o gol deste domingo. Aos 31 anos, Bale foi o mais badalado reforço do time comandado por José Mourinho na janela de transferências. Ainda ganhando forma física e ritmo de jogo, depois de se recuperar de lesão, ele mostrou muita alegria com o gol que marcou neste retorno.

LEIA TAMBÉM: O primeiro gol de Bale na sua volta ao Tottenham foi o da vitória contra o Brighton

“É uma grande sensação. Você quer apenas vir e fazer seu trabalho para o time. Eu trabalhei para o time e tive sorte o suficiente para conseguir o gol. Foi obviamente uma ótima jogada de Sergio Reguillon e eu estava no lugar certo. É bom marcar o primeiro gol”, disse o jogador à Sky Sports, depois da partida.

“Todo mundo sempre fala sobre individualidade, mas eu sempre disse que eu sou um jogador de time, eu estou feliz em fazer o trabalho, mesmo que seja defendendo. O mais importante é o coletivo”, continuou Bale.

“Nós estamos crescendo em todos os jogos. Mesmo se cometemos erros, nós estamos aprendendo com eles e nós podemos apenas usar aquilo como positivo. Eu ainda não joguei muito futebol. Eu tive um pequeno problema com meu joelho, então está levando um pouco de tempo. Eu estou trabalhando muito forte no treinamento e quando eu tenho chances”, disse o atacante.

Quando perguntado sobre a disputa pelo título, Bale minimizou. “É muito competitivo, nós sabemos que não podemos nos deixar levar. Há alguns ótimos times, nós apenas iremos continuar trabalhando o mais difícil que nós podemos”, respondeu o galês.

“Gareth Bale é muito estável, muito maduro, ele conhece seu corpo melhor que qualquer um, nós sabemos onde queremos ir e ele está conosco nesta jornada. Ele não tem 90 minutos de Premier League nas suas pernas, a Liga Europa está nos ajudando a chegar lá. Hoje ele entrou e marcou, ele é mais dinâmico do que foi contra o West Ham, mais ágil”, comentou José Mourinho sobre o autor do gol da vitória.