O jogão

Atlético de Madrid 1×2 Real Madrid

Radamel Falcao deu o melhor início possível ao Atlético de Madrid, marcando um gol aos quatro minutos do primeiro tempo. Só que a falta de coragem dos Colchoneros fez a equipe recuar, dando espaço ao perigoso Real Madrid. E aí aconteceu o previsível: virada dos merengues, que venceram por 2 a 1 e mantiveram o tabu contra os rivais. O Atlético terá mesmo que se conformar com o terceiro lugar na tabela.

 

A surpresa

Anfogasta 4×2 Universidad de Chile

Tudo bem que a Universidad de Chile não é mais a mesma, mas tomar uma sapatada dessa não estava nos planos. Ainda mais do 14º colocado na tabela. E mais: com direito a quatro gols de Jorge Elizondo. Se La U vencesse, assumiria a liderança. Como tomou um chocolate, ficou em terceiro, empatado em pontos com o Unión Española e um ponto atrás do líder O’Higgins.

A virada

Milan 4×2 Catania

Depois de estar perdendo por duas vezes, o Milan conseguiu uma virada importante na luta por vaga na Liga dos Campeões. O time saiu perdendo em casa com um gol de Legrottaglie, empatou com Flamini, mas tomou outro gol de Bergessio. Foi a vez dos artilheiros. Pazzini fez dois e Balotelli, de pênalti, fechou a conta em San Siro. Em terceiro lugar com 62 pontos, o time está em boa posição para pegar a última vaga italiana no principal torneio europeu.

O vexame

Jorge Wilstermann 5×0 Bolívar

Líder do Campeonato Boliviano, o Bolívar foi até Cochabamba para enfrentar o Jorge Wilstermann, quinto colocado. O resultado não foi bem o esperado para os líderes. O time tomou uma sapecada de 5 a 0. O time deu sorte que o Oriente Petrolero, segundo colocado, que empatou como Blooming em 2 a 2. Assim, o Bolívar ainda lidera o Clausura com 38 pontos contra 37 do Oriente Petrolero.

A goleada

Newcastle 0x6 Liverpool

Sem o seu artilheiro, Luis Suárez, suspenso, o Liverpool não teve problema algum para marcar muitos gols e golear o Newcastle sem dó, mesmo na casa dos adversários. Agger, Henderson (duas vezes), Sturridge (duas vezes) e Borini marcaram os gols do time. O Liverpool não tem muito mais o que fazer no campeonato, já que tem 54 pontos e é sétimo colocado e o último classificado à Liga dos Campeões, Arsenal, tem 64. Em três jogos, a classificação é impossível. Para o Newcastle a coisa pode ser pior. Em 16º, com 37 pontos, o time ainda luta contra o rebaixamento. A chance de cair é pequena, já que o Wigan, 18º e na primeira posição a cair, tem 32 pontos. E vale lembrar que o Wigan é “incaível”, então…

A lambança

Matías Silvestre
Palermo 1×0 Internazionale

O lance estava tranquilo nos pés do zagueirão Silvestre, da Inter. Mas ele afastou mal, deu a bola de graça para o Palermo, que aproveitou e marcou o gol que lhe deu a vitória. Um lance que você quase ouve a música dos Trapalhões ao fundo, tamanha a lambança. E custou caro: foi a 13ª derrota da Inter, que fica em sétimo na tabela e viu a Udinese e a Roma passarem à sua frente. Até Liga Europa ficou difícil…

O craque

Klaas-Jan Huntelaar
Schalke 04 4×1 Hamburg

Os Azuis Reais brigam por uma vaga na Liga dos Campeões e estão no caminho para conseguir, graças aos gols do holandês Huntelaar. O time saiu perdendo do Hamburg, tradicional time do norte, mas conseguiu a virada. Michel Bastos marcou o gol de empate do time logo aos dez minutos e o melhor ficaria para o final: três gols de Huntelaar. Goleada do Schalke, quarto colocado da Bundesliga com 49 pontos, três a mais que o Eintracht Frankfurt. O Hamburg é apenas o oitavo, com 44 pontos.

O matador

Pablo Osvaldo
Roma 4×0 Siena

Pablo Daniel Osvaldo foi o nome do jogo na goleada da Roma. Foram três gols marcados na vitória sobre o Siena no estádio Olimpico e o camisa 9 chegou a 15 gols na Serie A. Curiosamente, ele empatou com o companheiro de time, Erik Lamela, que também tem 15 gols. A vitória foi importante para a Roma, que chegou a 55 pontos e é o quinto lugar. São seis pontos para a Fiorentina, que está em quarto, e sete para o Milan, em terceiro. O sonho de vaga na Liga dos Campeões persiste. Talvez se Osvaldo repetir o desempenho nos próximos jogos…

O melhor jogo que você não viu

Brentford 0x1 Doncaster Rovers

O jogo era uma disputa direta na League One, terceira divisão na Inglaterra, por uma vaga na Championship, a segundona. O Doncaster ainda tinha a chance de ser campeão, caso vencesse seu jogo e o Bournemouth tropeçasse. Mesmo sem nenhum primor técnico – bem ao contrário, por sinal -, a partida foi emocionante. Aos 49 minutos, o Brentford teve um pênalti a seu favor, com 0 a 0 no placar. Era converter e partir para a festa. Só que Marcelo Trotta desperdiçou. Pior: no contra-ataque, o Doncaster fez o gol. E o Bournemouth ainda tropeçou ao empatar por 0 a 0. Classificação e título. Festa sem parar. Veja os vídeos.