Em uma campanha de recuperação na Ligue 1, o Monaco parece que não vai precisar brigar de novo contra o rebaixamento. O clube começou mal a temporada, mas emendou vitórias nas últimas semanas e aparece no meio da tabela, querendo mais. Neste sábado, os alvirrubros derrotaram o Amiens por 3 a 0, com os três gols anotados num intervalo de sete minutos. Mas não foi isso o mais curioso da noite. A melhor cena aconteceu nos minutos finais, protagonizada por Tiemoué Bakayoko.

Durante boa parte de sua carreira, Bakayoko usou a camisa 14. Era esse seu número quando conquistou a Ligue 1 com o Monaco e o manteve também em suas passagens posteriores, por Chelsea e Milan. De volta ao principado, o volante acabou ficando com a 6, já que a 14 era vestida por Keita Baldé. E isso causou um nó na cabeça do jogador.

Quando viu a plaquinha com a “14” à beira do campo, sinalizando a substituição, Bakayoko passou a aplaudir a torcida e se encaminhava à lateral. Só no meio do caminho foi avisado pelo quarto árbitro. “Você veste a 6, lembra?”. O meio-campista colocou a mão na cabeça e soltou a risada, antes de receber os cumprimentos de Baldé, também tirando sarro da situação. Virou piada.

Com a vitória, o Monaco chegou aos 24 pontos na Ligue 1. Pode até pensar na Champions League, diante do equilíbrio na tabela. São apenas quatro pontos de desvantagem em relação ao Lille, terceiro colocado. Vale ficar de olho nos alvirrubros, que engrenaram com suas novas peças e veem Wissam Ben Yedder em ótima fase.