Os Emirados Árabes Unidos entram na Copa da Ásia sob as expectativas de uma boa campanha. Sim, o fato de ser o país-sede contribui bastante para isso. No entanto, a confiança sobre os emiratenses vai além. O time treinado por Alberto Zaccheroni, campeão do torneio à frente do Japão em 2011, possui uma base tarimbada no futebol local e alguns talentos atravessando o auge. Ainda assim, os anfitriões decepcionaram na abertura do torneio continental. O Bahrein esteve muito próximo de calar a torcida em Abu Dhabi. Apenas um pênalti contestável a favor dos EAU, apontado aos 43 do segundo tempo, garantiu o empate por 1 a 1 no Estádio Zayed Sports City.

As lesões eram uma preocupação aos Emirados Árabes. Se habilidoso Omar Abdulrahman sequer foi convocado, o time ainda viu o atacante Ahmed Khalil começar no banco por conta de uma contusão recente. Apesar disso, os anfitriões foram melhores no primeiro tempo e criaram a principal chance, a partir de uma jogada do astro Ali Mabkhout. Contudo, o Bahrein cresceu nos minutos anteriores ao intervalo e ganhou confiança rumo à etapa complementar.

O goleiro Khalid Eisa teve trabalho no início do segundo tempo, evitando o gol do Bahrein em três oportunidades. A resposta dos Emirados Árabes só surgiria depois disso, controlando a posse e arriscando contra a meta adversária. Todavia, a falta de pontaria cobrou seu preço e a surpresa aconteceu aos 33 minutos. Mohamed Al Romaihi aproveitou a confusão dentro da área para deixar os bareinitas em vantagem. Depois do susto, os emiratenses partiram para a pressão e forçaram até um milagre do goleiro Sayed Shubbar. Mas Khalil seria o herói, ao sair do banco de reservas. Aos 43, árbitro Adham Makhadmeh assinalou um pênalti bastante discutível, por toque de mão. Coube ao substituto converter.

O resultado não satisfaz os Emirados Árabes, mas está longe de ameaçar os anfitriões. O Bahrein é justamente o adversário mais difícil do Grupo A, no qual Índia e Tailândia oferecem chances de recuperação. Além disso, vale lembrar, até três times podem avançar por chave nesta Copa da Ásia. O torneio tem continuidade neste domingo com mais três partidas: Austrália x Jordânia, Tailândia x Índia e Síria x Palestina.