O AZ não fez partida esplendorosa, mas foi eficiente o bastante para garantir vantagem sobre o Valencia, no jogo de ida pelas quartas de final da Liga Europa. Jogando em casa, o clube de Alkmaar soube administrar a ligeira superioridade dos Ches e matou o jogo quando teve chance, vencendo o confronto por 2 a 1. O reencontro das duas equipes acontece na próxima quinta, na Espanha.

Apesar de os holandeses esboçarem uma pressão logo após o apito inicial, foi o Valencia quem chegou de maneira mais concreta ao ataque no primeiro tempo. Jordi Alba levantou bola na área e Roberto Soldado, em ótima posição, arrematou de primeira. À queima-roupa, Esteban Alvarado fez excelente defesa, rebatendo para escanteio. Os Ches teriam outro bom lance aos 11, em chute frontal de Jordi Alba que Klavan desviou no último momento.

Com ambas as equipes tendo dificuldades para criar jogadas e ameaçar o gol adversário, a partida só voltaria a esquentar nos cinco minutos finais. O Valencia atacava mais e teve seu melhor lance aos 40 minutos, quando Tino Costa cobrou falta frontal e Alvarado foi buscar no canto, desviando com a ponta dos dedos para escanteio.

Contudo, o clube de Alkmaar conseguiu inaugurar o marcador já nos acréscimos. Simon Poulsen cobrou escanteio pelo lado direito e, na segunda trave, Brett Holman apareceu sozinho para chutar cruzado, no ângulo, longe do alcance de Diego Alves.

Na volta do intervalo, o AZ acertou a parte externa da rede aos trinta segundos de jogo, em investida de Maher pelo lado direito. Aos cinco minutos, porém, o Valencia trataria de empatar a partida. Jérémy Mathieu cruzou na área e Mehmet Topal subiu mais que a zaga para marcar de cabeça.

Levemente superior, o Valencia viu ótima oportunidade de gol negada por Alvarado, aos 13 minutos. Jordi Alba passou para Soldado e o centroavante finalizou de primeira, mas o goleiro voou no canto para salvar. Depois do lance, a tônica foi a mesma vista durante o primeiro tempo, sem tantos espaços para finalizações.

O AZ só voltou a esquentar a partida aos 33 minutos, quando anotou o gol da vitória. Holman fez grande jogada pela esquerda e, da linha de fundo, rolou para Maarten Mertens fuzilar Diego Alves. Adam Maher assustou já aos 40, em pancada de fora da área que roçou a trave. Tentando evitar prejuízo maior, o Valencia foi para cima no fim, mas, no melhor lance, Soldado cabeceou bola por cima do travessão.

Confira os jogos de ida das quartas de final da Liga Europa:

Quinta-feira, 29/mar
Atlético de Madrid 2×1 Hannover 96
Schalke 04 2×4 Athletic Bilbao
Sporting 2×1 Metalist
AZ 2×1 Valencia