A Austrália e a Indonésia estudam a possibilidade de apresentarem uma candidatura conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2034. Representantres das federações dos dois países discutiram a questão durante um encontro da AFC, a Confederação Asiática de Futebol, em Laos, na semana passada.

“A Federaçãoo de Futebol da Austrália (FFA) confirma que teve discussões com a Federação Indonésia de Futebol (PSSI) sobre a possibilidade de uma candidatura conjunto para a Copa do Mundo Fifa 2034”, confirmou a FFA em comunicado. “Uma candidatura Indonésia e Austrália também foi discutida na reunião do Conselho da AFC em Laos”, continuou. “A FFA saúda a oportunidade de discutir uma candidatura asiática para a Copa do Mundo 2034 com associaçÕes da mesma região”.

A informação da candidatura surge dias depois da declaração do primeiro ministro da Tailândia, Prayuth Chan-ocha, que afirmou que 10 países do bloco asiático, incluindo a Indonésia, iriam se candidatar a sediar o torneio, em uma coletiva de imprensa em Bangkok, no último domingo.

Segundo informações do Guardian, o Egito, sede da Copa Africana de Nações que está sendo disputada, é outro país que tem pretensão de sediar a Copa do Mundo de 2034. A Federação Australiana de Futebol disse que uma candidatura do Sudeste Asiático foi endossada na reunião na Ásia.

A Austrália foi candidata a sediar a Copa do Mundo de 2022, em uma disputa controversa vencida pelo Catar – que fez com que o torneio fosse transferido de junho/julho para novembro/dezembro. A FFA tambémm lançou uma candidatura oficial para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2023, que ainda será definina. Por já ter oficializado a proposta, ser um país já com uma experiência nesse tipo de candidatura e infraestrutura já pronta, já surge como grande favorita.

Como a partir de 2026 a Copa do Mundo passará a ter 48 seleções, será mais comum vermos candidaturas conjuntas para sediar o evento. Até para dividir os custos também. Afinal, receber 48 seleções implica a necessidade de uma estrutura maior, mais centros de treinamento, estrutura de hotel, malha aérea e tudo mais.

Mesmo países ricos, como os Estados Unidos, decidiram fazer isso de forma conjunta. Em 2026, a Copa terá três países como sede pela primeira vez, com Estados Unidos, Canadá e México. É possível que vejamos mais disso. A Copa de 2030, que marcará o centenário do torneio, tem a candidatura sul-americana que tem Argentina, Uruguai e Paraguai como uma das favoritas. Muito mais gente quer essa Copa, porém, e a disputa deve ser duríssima.