O Manchester City era melhor antes de David Luiz começar a aprontar das suas, mas uma tríade de erros do zagueiro brasileiro – uma falha, um pênalti e uma expulsão, embora rígida – certamente contribuiu para a vitória tranquila do time de Pep Guardiola sobre o Arsenal, por 3 a 0, nesta quarta-feira que marcou o retorno da Premier League.

O City retornou em boa forma dos três meses de paralisação por causa da pandemia de coronavírus. Controlou o jogo desde o início contra um Arsenal que se mostrou familiarmente frágil e não marcou mais porque Bernd Leno fez uma série de grandes defesas.

O momento decisivo do jogo acabou sendo aos 24 minutos do primeiro tempo. Mikel Arteta havia sido obrigado a fazer uma substituição por lesão, com Ceballos no lugar de Xhaka, e depois precisou fazer a segunda quando Pablo Marí sentiu dores. David Luiz entrou para fazer dupla de zaga com Mustafi.

David Silva, no começo do seu fim como jogador do City, exigiu boa defesa de Leno com uma batida firme, e De Bruyne achou um passe por trás da defesa que deixou Mahrez na cara do gol. Leno saiu para abafar. Dois minutos depois, outra bola enfiada pelo melhor garçom da Premier League encontrou Sterling live. O atacante inglês, em jejum de gols de seis rodadas, tentou uma cavadinha e isolou.

Nos acréscimos, David Luiz tentou cortar outro passe enfiado com a coxa e apenas o desviou para cima. Sterling saiu por trás, esperou a bola descer e emendou um forte chute de perna direita para abrir o placar para o City.

E assim que o segundo tempo começou, Mahrez recebeu pela ponta direita e avançou. David Luiz começou a puxá-lo fora da área e continuou como mesmo gesto até dentro dela. O árbitro marcou pênalti e lhe deu cartão vermelho por considerar que ele não havia disputado a bola em uma chance clara e manifesta de gol. De Bruyne cobrou e fez 2 a 0.

Foi quando o jogo efetivamente acabou. Preparando-se para uma maratona de jogos, o City não pressionou demais, e o Arsenal estava apenas esperando o tempo acabar. Deu tempo de Leno fazer outra boa defesa em chute de De Bruyne e de Phil Foden fazer 3 a 0, no rebote de um chute de Agüero na trave.

Com a vitória do Manchester City no jogo que estava devendo, o Liverpool não pode ser campeão no próximo domingo, se vencer o Everton. Chegou a 60 pontos, com confortável vantagem de sete para o Leicester, terceiro colocado.

.

.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore