Bertin Tomou se tornou o segundo jogador que disputou a recente edição da Copa Africana de Nações a contrair malária. O atacante camaronês foi internado neste fim de semana, conforme divulgou o Excelsior Mouscron, seu clube, nesta quarta-feira.

O jogador, de 29 anos, sentiu-se mal antes da partida contra o Lokeren, neste sábado, pela Jupiler League. No entanto, ele entrou em campo e participou do jogo sem problemas. Mais tarde, ele realizou exames que confirmaram a doença.

Tomou deve ficar afastado dos gramados por aproximadamente duas semanas. Um dia antes, o Reading havia confirmado que o meia marfinense também havia contraído malária.