Aston Villa responde a tropeços com gigante vitória por 3 a 0 sobre o Arsenal em Londres

O Aston Villa impressionava no início da Premier League, escrevendo um capítulo para a história da competição ao golear o Liverpool por 7 a 2 no início de outubro e ocupando as primeiras colocações. Derrotado nas duas últimas partidas, parecia ter perdido o gás, mas deu uma resposta significativa aos tropeços neste domingo (8). Jogando em Londres, atropelou o Arsenal por 3 a 0 com uma atuação convincente.

[foo_related_posts]

Preponderantes na posse, os Gunners não conseguiram transformar o domínio da bola em chances constantes ou de qualidade. O Aston Villa, por sua vez, levava perigo quando ia ao ataque e contou com grande atuação de Barkley, Grealish e Watkins para construir o placar largo.

Logo aos dois minutos, o Villa balançou as redes com John McGinn, mas o tento foi anulado por impedimento. No entanto, não levaria muito tempo para que o primeiro gol validado aparecesse. Aos 25 minutos do primeiro tempo, em boa combinação pela esquerda, Grealish tocou para Barkley, que passou para Targett. O lateral então cruzou rasteiro para Trezeguet, que chegou dividindo com Saka e viu o adversário marcar contra a própria meta.

Diante de um Arsenal pouco criativo, o Aston Villa se segurava atrás e ainda criava chances lá na frente. Aos 27 minutos do segundo tempo, chegaria ao 2 a 0 em grande estilo. O brasileiro Douglas Luiz lançou uma bola com maestria para Barkley, dentro da área, o inglês cruzou para o meio, e Ollie Watkins se atirou ao ar para cabecear e ampliar.

Em busca do empate, o Arsenal se mandou ao ataque e deixou espaços na defesa para o contra-ataque. Aos 30 minutos, Tierney cruzou dentro da área, mas mandou na mão de Emiliano Martínez, ex-Gunner. O goleiro rapidamente lançou o Aston Villa em contra-ataque, repondo com Grealish pela esquerda. O meia partiu com a bola de seu próprio campo, tirou Bellerín da jogada no ombro a ombro e, da intermediária, tocou nas costas de Holding para encontrar Watkins dentro da área. O atacante bateu cruzado na saída de Leno e fechou o 3 a 0.

O Arsenal vinha de uma sequência de três vitórias nas últimas três partidas, somando Liga Europa e Premier League. O momento era bom, mas os Gunners não entraram com a intensidade e fluidez necessárias neste domingo e foram atropelados por um Aston Villa muito mais ligado e eficaz.

Com o resultado, a equipe de Mikel Arteta estacionou nos 12 pontos, ocupando a 11ª colocação após oito jogos realizados. O Aston Villa, por sua vez, chega aos 15 pontos em sete partidas, no sexto lugar, e, com um duelo a menos que todas as equipes à sua frente, está a apenas três pontos do líder Leicester.

A atual temporada da Premier League segue impressionando com resultados que contrariam qualquer prognóstico, e fazer previsões a essa altura é chamar o erro. De qualquer forma, a capacidade de reação do Aston Villa a dois resultados negativos mostrada contra um adversário da estatura do Arsenal é um sinal tão bom quanto qualquer outro de que o time de Dean Smith tem capacidade de fazer uma campanha de destaque ao longo do campeonato.

Classements proposés par SofaScore LiveScore