Já dizia o antigo ditado: por que fazer agora o que você pode deixar para fazer no último minuto e, assim, produzir uma vitória emocionante para o seu time? A Lazio já havia dado sinais de procrastinação neste domingo, e ela foi seguida por Milan e Borussia Dortmund, que venceram os seus jogos com gols no minuto final.

As respectivas partidas tiveram dinâmicas diferentes. O Dortmund, terceiro colocado, enfrentou o quarto Eintracht Frankfurt, então em quarto, em um festival de gols e venceu por 3 a 2. Não era o dia do zagueiro Marco Russ. Aos 11 minutos, ele já havia levado cartão amarelo e feito um gol contra, abrindo o placar para o Dortmund, que dominou o começo da partida e levou a vantagem para o intervalo.

Luka Jovic, oito minutos depois de entrar em campo no segundo tempo, empatou de cabeça. Batshuayi, outro que saiu do banco de reservas, fez 2 a 1 para os donos da casa, logo na sequência. Os técnicos estavam com muita estrela em suas alterações porque Danny Blum, mais um substituto, empatou para o Frankfurt, aos 46 minutos da etapa final.

E, então, aos 48, Batshuayi marcou o gol da vitória do Borussia Dortmund. Assim que o Frankfurt saiu com a bola, a partida terminou.

 

Já o gol de André Silva para o Milan, também na última ação da partida, foi o único da vitória por 1 a 0 sobre o Genoa, a quarta seguida da equipe de Gattuso pela Serie A. Os donos da casa, porém, tiveram oportunidades de vencer, mas perderam duas chances perigosas em cabeceios de Zukanovic e Lapadula, e viram um gol de Luca Rigoni anulado pelo árbitro de vídeo.

E, então, aos 49 minutos do segundo tempo, André Silva cabeceou para as redes e garantiu a vitória do Milan, por 1 a 0.