Internazionale e Milan recuperam relevância na Serie A, mas o Derby della Madonnina ainda está distante de alcançar o furor que provocava na década passada. O clássico de Milão não deixava a desejar se comparado a qualquer outro no mundo, seja pelos grandes jogos, seja pela rivalidade aflorada, seja pelos muitos craques. Enquanto os rossoneri se recolocavam entre os melhores da Europa, bicampeões da Champions, os nerazzurri reconstruíam a sua hegemonia nacional, que culminaria também em um título continental. Embora nem sempre os duelos tivessem gols aos montes, há uma porção de partidas inesquecíveis.

Assim, às vésperas de mais um dérbi no San Siro, marcado para o próximo domingo, aproveitamos para relembrar dois confrontos do passado – com uma vitória emocionante do Milan e outra da Inter. Em fevereiro de 2004, os interistas chegaram a abrir dois gols de vantagem, com direito a um tento olímpico de Dejan Stankovic. No entanto, os milanistas pressionaram e buscaram a virada por 3 a 2. Kaká brilhou com jogadas decisivas, embora o protagonista tenha sido Clarence Seedorf, graças a um petardo que definiu a peleja aos 41 do segundo tempo. O Scudetto naquela temporada foi dos rossoneri. Já em dezembro de 2005, o Milan até parecia buscar o empate por 2 a 2, ao balançar as redes com Jaap Stam aos 40 do segundo tempo. O herói, entretanto, vestia a camisa da Inter. Adriano, que já havia marcado de pênalti, apareceu na área e emendou uma cabeçada aos 48 do segundo tempo, para garantir o triunfo por 3 a 2. Em temporada marcada pelo Calciopoli, a taça cairia no colo dos nerazzurri.


Os comentários estão desativados.