As quatro decisões

Nas próximas duas noites, oito equipes brigarão por vagas nas finais de conferência da MLS. Veja a situação de casa um dos confrontos de volta

Os playoffs da MLS continuam nesta quarta (7). Duas equipes, o Chicago Fire e o Vancouver Whitecaps, já estão em seus lares assistindo pela televisão. Enquanto isso, outros oito clubes estão disputando por vagas nas finais de conferência.

Para começar a noite, às 23h, o New York Red Bulls, de Thierry Henry, recebe o D.C. United depois de um empate por 1 a 1 em Washington. O time da capital nacional tem muitos jovens com pouca experiência na liga, então isso pode ser determinante a favor dos touros vermelhos.

Como não há o critério de gols fora de casa, qualquer empate leva a partida para prorrogação. Então espere um DC partindo mais para o jogo, mesmo com a suspensão de Andy Najar. Só que se a bola ficar livre para Henry, ele e o ataque de Nova York não irão desperdiçar as chances. Aposto em 2 a 1 para o time da casa.

Uma hora depois, já na quinta, o Sporting Kansas City recebe o Houston Dynamo e enfrenta quase um buraco negro. Na história dos playoffs da MLS, apenas uma equipe perdeu a primeira partida por 2 a 0 e conseguiu conquistar a vaga para avançar de fase.

Dentro de casa, o Sporting é uma equipe que toca muito a bola e força o erro do adversário. Como a defesa do Houston não é tão sólida quanto a do último ano, dá para esperar algumas falhas. E creio eu que ataque da equipe da casa não vai perder essas oportunidades. Sporting vence por 2 a 0 no tempo normal e faz 1 a 0 na prorrogação.

Às 2h de quinta, o San Jose Earthquakes recebe o Los Angeles Galaxy depois de vencer fora de casa por 1 a 0. Para variar, foi com a emoção dos Quakes. Gol de Jason Hernandez nos acréscimos de jogo, algo que já é costume para a equipe.

Não dá para esperar um jogo fácil para o Galaxy na partida de volta. Por mais que os jogadores estejam acostumados a lidar com situações como essas, os Quakes têm o número da equipe de Los Angeles e devem garantir um empate para conquistar sua classificação. Meu palpite é 1 a 1.

O último confronto, que será decidido a partir de 1h da sexta (9), é Real Salt Lake e Seattle Sounders. O primeiro jogo foi um duelo entre os goleiros Nick Rimando e Michael Gspurning. Alguns especialistas arriscam dizer que a atuação de Rimando foi uma das melhores de um jogador da posição na história da liga.

Pra mim, este é o confronto mais aberto desta fase. Só que os Sounders não têm boas lembranças das últimas vezes que foram ao Rio Tinto Stadium e Eddie Johnson ainda não está tão pronto para o jogo. Então dá para acreditar que o Real vence e conquista a classificação, 2 a 1.

Dá para esperar bons jogos em todas as ocasiões e confesso que queria ver pênaltis em alguma das partidas. Para quem gosta da liga, será um prato cheio. Ainda mais com os dois times mais badalados, o Galaxy e os Red Bulls, precisando de resultados para passar. Então o que nos resta a fazer é sentar e observar o que vai acontecer nestas suas noites de MLS.