Artilheiro na Champions, Saúl deu início à vitória essencial do Atlético de Madrid


	Champions League

A goleada que o Atlético de Madrid levou do Borussia Dortmund na rodada anterior da Champions League ligou o sinal de alerta. Nem tanto pelo resultado, muito mais pela maneira como os colchoneros foram derrotados, por um placar elástico muito estranho ao trabalho de Diego Simeone. Nesta terça-feira, na revanche, Saúl abriu o placar da vitória espanhola por 2 a 0, consolidando seu status de artilheiro na competição europeia.

Meia-atacante promissor, Saúl não é de marcar muitas vezes. Com a camisa colchonera, tem 30, e quase um terço foi marcado na Champions League: nove, inclusive dois em semifinais. Ele soma mais 14 pelo Campeonato Espanhol, três na Liga Europa, um na Supercopa da Uefa e três na Copa do Rei. Contra o Dortmund, ele abriu a jogada pela esquerda com Filipe Luis e recebeu de volta para fazer 1 a 0.

No segundo tempo, Thomas descolou lindo passe no contra-ataque, Griezmann recolheu, ganhou no corpo e tocou na saída de Bürki para definir a vitória do Atlético, que chegou aos mesmos nove pontos do Borussia Dortmund, líder pelo confronto direto. Club Brugge tem quatro, e o Monaco, apenas um.


Os comentários estão desativados.