Fredrik Ljungberg assumiu interinamente o Arsenal, mas, sem surpresa alguma, dois dias não foram suficientes para resolver os problemas da equipe, sobretudo na defesa. Vulneráveis, os Gunners empataram em 2 a 2 contra o Norwich, fora de casa, e mesmo este resultado saiu barato ao time londrino, que tem Bernd Leno a agradecer por evitar a derrota.

Aos 21 minutos do primeiro tempo, Kenny McLean lançou a bola para Teemu Pukki. Completamente livre, mesmo com Mustafi e David Luiz na proximidade, o finlandês teve tempo e espaço para dominar, ir à frente, ajeitar o corpo e chutar. Contando com desvio em Mustafi no meio do caminho, o atacante abriu o placar para o Norwich.

Depois de toque de mão bobo da defesa dos canários, o árbitro marcou pênalti, e Aubameyang foi para a cobrança. Tim Krul agitou a torcida, provocou o gabonês e acabou por defender a penalidade máxima. Porém, o VAR confirmou invasão da área pelos jogadores do Norwich, e Auba ganhou uma segunda chance. Desta vez, aos 29 minutos, converteu e devolveu a provocação a Krul.

Nos acréscimos da primeira etapa, o Norwich voltou a tomar a frente no placar. A defesa do Arsenal mais uma vez concedeu muito espaço ao adversário, desta vez Cantwell, e o camisa 14 não desperdiçou a chance: bateu de chapa, no canto esquerdo de Leno, para fazer 2 a 1.

No segundo tempo, deixado sozinho na segunda trave durante escanteio, Aubameyang não perdoou o vacilo. A bola sobrou para o atacante, que bateu forte, no ângulo, para empatar em 2 a 2 aos 12 da segunda etapa.

Os problemas defensivos do Arsenal se estenderam durante todo o jogo. Aos 15 minutos do segundo tempo, Leno brilhou pela primeira vez, com defesaça em finalização de Kenny McLean. Pukki, aos 18 minutos, levou perigo: fez o que quis com Mustafi, mas parou em outra boa defesa do goleiro alemão.

O Arsenal mostrou momentos de melhora em relação ao que vinha fazendo com Unai Emery, pelo menos em termos de personalidade dentro do campo, tendo mais iniciativa. Mas não o bastante para pesar a balança a seu favor.

O Norwich, por sua vez, se aproveitou da subsequente queda de ímpeto dos Gunners e, por um momento no segundo tempo, dominou as ações. No fim, forçou mais uma vez Leno a fazer boa defesa, em chute de Byram, mas não conseguiu o suficiente para vencer a segunda partida consecutiva na Premier League depois de sete jogos sem vitórias.

Classificações Sofascore Resultados

É claro que dois dias são muito pouco para que Ljungberg traga alguma mudança. Ainda assim, é preciso apontar que, independentemente do tempo que tenha, arrumar a defesa parece claramente seu maior desafio, e isso não será feito com Mustafi em campo.

A escalação do alemão, em seu primeiro jogo como titular na liga em toda a temporada, gerou críticas e brincadeiras dos torcedores, que publicaram #FreddieOut (Fora, Freddie) no Twitter. Se não mostrar algo diferente em breve, a brincadeira pode ficar mais séria.