Arsenal cresce no fim e arranca virada sobre o West Ham

Comandados por Cazorla, Giroud e Walcott, Gunners tiveram boa atuação no Boleyn Ground e chegam aos 12 pontos na EPL

Sem fazer muito barulho, o Arsenal dá sequência ao início consistente na Premier League. É verdade que os Gunners não venceram seus dois jogos mais importantes, contra Manchester City e Chelsea, mas os tropeços não minimizam as boas atuações da equipe de Arsène Wenger. Neste sábado, a vítima foi o West Ham, que até saiu em vantagem. Porém, os Hammers não resistiram à intensidade dos Gunners e acabaram superados por 3 a 1, dentro do Boleyn Ground.

Esta é a terceira vitória do Arsenal na competição, assumindo a quinta colocação, com 12 pontos. O West Ham, por sua vez, perdeu a sequência de quatro partidas sem derrotas e caiu para o oitavo lugar.

A partida começou com o Arsenal se mandando ao ataque logo após o apito inicial. Ganhando nova chance entre os titulares, Olivier Giroud deu chute perigoso aos dois minutos, que foi espalmado por Jussi Jaaskelainen. Os Gunners controlavam o jogo no campo ofensivo e trabalhavam bastante a bola pelos lados do campo, mas tinham dificuldades para encontrar brechas na defesa dos Hammers.

A falta de eficiência dos visitantes foi punida aos 21 minutos, na primeira finalização do West Ham. Mohamed Diamé recebeu na lateral da área, fintou Aaron Ramsey e soltou a bomba para anotar um belo gol, abrindo o placar. Apesar da desvantagem, o Arsenal continuou em cima e alcançou o empate aos 41. Após bola roubada no meio de campo, Lukas Podolski avançou até a linha de fundo e cruzou para Olivier Giroud escorar na pequena área.

Levando perigo no jogo aéreo, principalmente com Andy Carroll, o West Ham quase fez o segundo tento nos acréscimos da primeira etapa, mas Kevin Nolan desperdiçou bola limpa na pequena área. E o time da casa voltou melhor no início do segundo tempo, dominando as ações ofensivas.

Os Gunners acordariam novamente para a partida a partir dos 15 minutos, depois da entrada de Theo Walcott no lugar de Gervinho, apagado em campo. Na sequência, começou o bombardeio dos visitantes. Após chute bloqueado de Santi Cazorla, Giroud quase guardou mais um, acertando a parte externa da rede. Já Podolski exigiu grande intervenção de Jaaskelainen pouco depois.

Com ambas as equipes imprimindo maior velocidade em suas investidas, o Arsenal chegou ao triunfo graças a um contra-ataque, aos 32. Giroud arrancou pelo meio e deixou Walcott na cara do gol para marcar. Santi Cazorla também deixaria o dele, encerrando o triunfo. O espanhol limpou a marcação e arriscou de fora da área, mandando a bola no ângulo. No fim, o camisa 19 ainda daria um passe sensacional para Giroud, que bateu em cima de Jaaskelainen e não ampliou a diferença.

Confira os resultados da sétima rodada da Premier League:

Sábado, 6/out
Manchester City 3×0 Sunderland
Chelsea 4×1 Norwich
Swansea City 2×2 Reading
West Bromwich 3×2 Queens Park Rangers
Wigan 2×2 Everton
West Ham 1×3 Arsenal

Domingo, 7/out
Southampton x Fulham
Liverpool x Stoke City
Tottenham x Aston Villa
Newcastle x Manchester United