Arrigo Sacchi: “Milan tem qualidade para ser campeão italiano”

Ex-técnico, campeão italiano e europeu pelo Milan, acredita que o time comandado por Pioli e que tem Ibrahimovic pode voltar a conquistar o scudetto

O Milan é o líder da Serie A, o Campeonato Italiano, depois de sete rodadas disputadas. São 17 pontos conquistados, com cinco vitórias e dois empates. Para o ex-técnico Arrigo Sacchi, campeão italiano pelo Milan em 1987/88, o time atual pode voltar a conquistar o scuddetto. Para isso, ele diz que a equipe comandada pelo técnico Stefano Pioli, e com Zlatan Ibrahimovic como destaque, precisará de confiança e que foque em ser um grupo, mais do que nas individualidades.

[foo_related_posts]

“Há apenas um segredo para alcançar a chegada. Acreditar em si mesmos, no jogo e no trabalho que você está fazendo. O Milan pode ganhar o scudetto neste campeonato estranho, mas o time de Pioli precisam ser ainda mais confiantes, mais implacável e mais generoso”, afirmou o antigo treinador e atual comentarista. “Apenas desse modo eles poderão superar a competição dos adversários que agora, talvez, estejam dormindo. Mas cedo ou tarde, eles irão vão avançar”.

Zlatan Ibrahimovic, aos 39 anos, é o principal destaque, mas o time do Milan é muito jovem e mesmo nas suas contratações isso ficou reforçado. O clube trouxe Sandro Tonali, de 20 anos; Bahím Díaz, Jens Petter Hauge e Diogo Dalot, todos de 21 anos. “Eu vou dizer novamente. O Milan tem a qualidade para lutar pelo título em uma condição: que você foque no grupo, não em um indivíduo. Se ele irá, e como Pioli é inteligente e bom técnico, eu tenho certeza que ele irá se comportar de acordo, e veremos ainda mais colaboração entre os jogadores”, comentou.

“Haverá movimentos sincronizados, o time será mais compacto, e a pressão pode ser implementada mais eficientemente. O mais importante é fazer o grupo todo entender que o jogo é fundamental, não há nada acima do jogo e você pode atingir o sucesso pelo jogo”, analisou ainda Sacchi.

O ídolo rossoneri comentou especificamente sobre Ibrahimovic. “Um verdadeiro campeão. Ele é um autêntico exemplo. Você viu o que ele fez contra o Verona?”, comentou o técnico. “Ele perdeu o pênalti, um jogador normal que poderia ter ficado deprimido, mas ele estava ainda mais motivado e foi para o empate”.

“Ele tem uma personalidade maluca, às vezes ele precisa ficar sob controle. Ele não pode ser muito exigente com seus companheiros e dar broncas neles se erraram um passe. Às vezes é melhor abraçar do que desferir um golpe. Mas vejo que outros o consideram seu líder e isso é importante”, comentou Sacchi.

Além de conquistar o scudetto pelo Milan em 1987/88, Sacchi ficou famoso por levantar o título da Copa dos Campeões, predecessora da Champions League, em dois anos seguidos: 1988/89 e 1989/90. Além disso, conquistou também os títulos Mundiais ao vencer o Intercontinental de 1989 e 1990. Foi campeão da Supercopa da Europa também em 1988/89 e 1989/90.

O último título do Milan na Serie A foi na temporada 2010/11, com Zlatan  Ibrahimovic no time. Então vestindo a camisa 11, razão que fez o sueco escolher o mesmo número nesta temporada, o Milan superou a rival Internazionale, segunda colocada, com vantagem de seis pontos. O time era comandado por Massimiliano Allegri na época. Depois disso, Depois daquele título do Milan, a Juventus foi campeão todos os anos, somando nove títulos seguidos.