O coro que pede a volta de Carlos Tevez ao Boca Juniors ganhou uma voz importante nesta terça-feira. Em entrevista à Fox Sports, Juan Roman Riquelme comentou que já conversou com o atacante do Manchester City e endossou o seu retorno ao clube no qual foi formado.

“Eu falei com Carlitos sobre a sua situação. Disse que, se não vão contar com ele, que venha para cá, volte ao Boca”, disse o meia.  Os dois ídolos xeneizes atuaram apenas uma temporada juntos pelo clube. Quando Riquelme foi vendido ao Barcelona, em 2002, Tevez tinha feito apenas 11 partidas oficiais pela equipe principal. Além disso, ambos fizeram parte dos elencos da seleção na Copa das Confederações de 2005, na Copa do de 2006 e na Copa América de .

O meia afirmou que se imagina jogando ao lado do atacante no ano que vem, quando o time volta à Libertadores após dois anos de ausência. “Eu creio que nós, que somos torcedores do Boca, deveríamos colocar dinheiro para poder trazê-lo de novo. Ou que o clube faça um esforço para trazer Tevez de volta ao Boca”, afirmou.

Tevez segue sem ter seu futuro definido no Manchester City. No início da semana passada, o técnico dos Citizens, Roberto Mancini, o retorno do argentino ao clube dependia de um pedido de desculpas.