A Copa Peru tem suas cenas maravilhosas. Há alguns meses, uma manada de vacas invadiu uma partida e, no último domingo, a semifinal regional precisou ser encerrada aos 37 minutos do segundo tempo quando cinco jogadores do Defensor Bolívar, que perdia por 4 a 1 do Defensor La Bocana, fingiram lesão ao mesmo tempo. A equipe já estava com nove em campo, após duas expulsões, e jogar com quatro homens não é exatamente permitido.

LEIA MAIS: As limitações não impediram esse garoto de conhecer a seleção colombiana

Naturalmente, a imprensa peruana está chamando o jogo de “farsa”, e o próprio Defensor La Bocana subiu o vídeo da partida ao Youtube. Apontaram a “vergonhosa” atitude dos adversários e acusaram o time de fazer a mesma coisa uma semana antes, quando estavam perdendo por 6 a 0. “Equipes como esta não deveriam participar da Copa do Peru”, diz a descrição do vídeo.

E sabe o que é mais impressionante? No momento em que os cinco jogadores “machucaram-se ao mesmo tempo”, o Defensor La Bocana marcou o quinto gol, com um chute do meio campo que encobriu o goleiro. Ficou a dúvida se ele valeu, porque foi bem na hora em que o árbitro William Sanjinez, encerrou a partida, mas o placar foi confirmado como 5 a 1. E o pior? Foi apenas o jogo de ida. Quinta-feira que vem, eles jogam novamente, e o Defensor Bolívar ainda tem a chance de se classificar.

Veja o momento das “lesões”, a partir de 3min22s:

Você também pode se interessar por:

>>>> [Vídeo] Torcedores invadem o campo e agridem jogadores rivais no Peru

>>>> Sem uniforme, o Universitario de Sucre jogou vestido de Stuttgart pelo Bolivianão