Estava tudo correndo bem até os 41 minutos do segundo tempo, mas de repente os jogadores do Alianza Lima, que perdiam por 1 a 0 para o Real Garcilaso, em casa, começaram a perder a cabeça. O primeiro foi Marcos Miers, que cometeu uma falta na ponta direita e reclamou acintosamente da marcação. Levou o segundo amarelo e foi para o chuveiro. Na sequência, Miguez basicamente repetiu o lance e foi para cima do árbitro Ramón Blanco. Levou vermelho. Gabriel Costa e Christian Cueva tiveram o mesmo destino na confusão que se seguiu à enxurrada de cartões vermelhos. Sobrou até para o técnico Guillermo Sanguinetti, que invadiu o gramado para reclamar, embora a culpa maior seja dos seus atletas esquentadinhos.