Após ser goleado por 6 a 1 para o Napoli Genoa confirmou nesta quinta-feira a demisão do técnico Alberto Malesani, que estava no cargo desde junho de 2011. O presidente do clube, Enrico Preziosi, justificou a decisão.

“Quando a equipe é humilhada desse jeito em campo, não há mais nada a fazer”, afirmou Preziosi, que agiu rápido e contratou Pasquale Marino, ex-Udinese e Parma, para o cargo.

 

O Genoa ocupa atualmente a décima posição no Campeonato Italiano com 21 pontos, 13 a menos que o Milan, que lidera a disputa.


Os comentários estão desativados.