Enquanto a Uefa protela decisões urgentes e empurra com a barriga o risco que o coronavírus representa, a Champions League teve suas primeiras partidas oficialmente adiadas por causa da pandemia. Manchester City e Real Madrid não irão se enfrentar na próxima terça-feira, assim como Juventus e Lyon no mesmo dia. Os reencontros pelas oitavas de final terminaram suspensos após a quarentena à qual o elenco do Real Madrid precisou ser submetido, assim como a confirmação de que o juventino Daniele Rugani testou positivo.

Nesta quinta-feira, o Real Madrid revelou que seu time de futebol inteiro está sob observação e permanecerá em auto-isolamento pelas próximas duas semanas. Um jogador da equipe de basquete merengue testou positivo para o Covid-19 e, como os dois elencos dividiam o centro de treinamentos do clube, todos os futebolistas também permanecerão sob quarentena, assim como os funcionários da agremiação.

Segundo nota oficial emitida pelo Manchester City, a decisão foi tomada pelos clubes em conjunto com a Uefa. Os celestes enviaram “os melhores votos aos jogadores e aos funcionários do Real Madrid”. O clube ainda aponta que as informações relacionadas à nova data e aos ingressos serão fornecidas “em seu devido momento”.

Rugani, por sua vez, teve o seu diagnóstico confirmado nesta quarta-feira. A Juventus comunicou que o jogador não apresenta sintomas. O clube está ativando os procedimentos recomentados pelas autoridades sanitárias, incluindo o recenseamento daqueles que tiveram contato com o paciente. O elenco será mantido em quarentena. A Internazionale também anunciou o auto-isolamento de seus jogadores, que enfrentaram Rugani no clássico do último domingo, pela Serie A.

Nesta quinta-feira, Rugani postou uma mensagem nas redes sociais, garantindo que está bem. “Neste momento, eu sinto mais que a obrigação de agradecer a todos os médicos e enfermeiros que estão batalhando nos hospitais diante desta emergência. Eu peço que todos respeitem as regras, porque o vírus não faz distinções. Vamos fazer isso por nós mesmos, por nossos entes queridos e por todos ao redor”, escreveu o zagueiro de 25 anos.

Diante do caso ocorrido com o Real Madrid, La Liga acionou o próximo passo do protocolo sobre o coronavírus e adiou as partidas do Campeonato Espanhol pelas próximas duas semanas. A Serie A já estava suspensa desde o início da semana até abril, por recomendação do Comitê Olímpico Italiano. A Uefa, no entanto, segue em silêncio sobre a escalada no número de infectados. Seis partidas válidas pela Liga Europa deverão acontecer nesta quinta, três delas com portões fechados. Também não há informações específicas sobre o Barcelona x Napoli e o Bayern de Munique x Chelsea previstos à próxima quarta.