A passagem de Daniel Sturridge pelo Trabzonspor, da Turquia, teve que ser abreviada depois que o jogador foi suspenso por quatro meses por ter violado regras relacionadas a apostas esportivas. Ele havia chegado no começo da temporada e, apesar de novas lesões, teve uma boa produção antes de acertar a rescisão amigável de seu contrato, em março. A punição expirou em meados de junho e, agora, o atacante inglês de 30 anos busca um novo clube, com um retorno para casa no topo da sua lista de prioridades.

Sturridge foi inicialmente denunciado por 11 violações de regras de aposta da Federação Inglesa, em julho do ano passado. Após nove serem descartadas por um painel independente, ele foi punido com seis semanas de suspensão, quatro das quais haviam sido suspensas. Ele teria passado informações internas sobre sua saída do Liverpool por empréstimo em janeiro de 2018 ao West Brom para amigos próximos e familiares que as usaram para fazer apostas.

A FA apelou da decisão, e o mesmo painel estendeu a suspensão para quatro meses e dobrou a multa para £ 150 mil. Sturridge havia feito sete gols e dado quatro assistências em 16 partidas quando teve seu contrato com o Trabzonspor rescindido, em março, após mais uma temporada prejudicada por lesões de uma carreira que nunca atingiu o que poderia ser justamente pelo excesso de problemas físicos.

Desde que foi liberado pelo clube turco, Sturridge tem treinado por conta própria em Los Angeles e chegou a ser especulado em clubes da Major League Soccer, mas ainda acha que tem lenha para queimar na Premier League.

“Eu gosto de pensar que eu seria uma das melhores opções para os times”, afirmou, à Sky Sports. “Estou sem contrato e joguei por muitos clubes grandes. Estou pronto para ajudar um time a ter sucesso e ser parte importante de seus planos. Acho que estas pernas ainda têm muita coisa para dar”.

“Temos opções ao redor do mundo, mas eu sou um jogador inglês e sempre amei jogar na Premier League. Acredito que tenho muito para dar à Premier League e eu diria que é minha primeira escolha. Eu sinto que tenho assuntos inacabados, então gostaria de voltar e jogar lá”.

“Estou aberto a jogar em outras ligas, não estou considerando apenas a Premier League, mas voltar à Inglaterra e dar meu melhor seria uma enorme opção para mim. Estou empolgado, com mais fome do que nunca e totalmente concentrado no próximo capítulo”, encerrou.

Sturridge defendeu Manchester City, Chelsea, Bolton, Liverpool e West Brom em 218 jogos pela Premier League, com 76 gols e 21 assistências.

.