O RB Leipzig não é o time mais querido da Alemanha. Sua associação com a Red Bull gera a revolta dos tradicionalistas, grupo do qual boa parte da torcida do Union Berlim faz parte. Não à toa, antes do encontro entre os dois times, neste sábado, os visitantes organizaram uma marcha fúnebre pela “morte do futebol” e depois assistiram a Timo Werner marcar dois belos gols na vitória do líder da Bundesliga, por 3 a 1.

A ideia era também repetir o protesto silencioso dos primeiros 15 minutos, como fizeram no jogo do turno na capital, mas o gol marcado por Marius Bülter, ao fim de um contra-golpe, por volta dos 10 minutos, atrapalhou um pouco os planos.

Assim que a partida foi retomada, Timo Werner, agora artilheiro da Bundesliga com 20 gols, fez o seu primeiro da partida com uma pancada de primeira da entrada da área que entrou no ângulo do goleiro Rafal Gikewicz. Seis minutos depois, em cobrança de escanteio, Marcel Sabitzer fez a bola parar de flutuar acima da pequena área e virou para o Leipzig.

Werner matou o jogo com um passe de Sabitzer, o qual dominou com o corpo e emendou o chute antes de deixar a bola cair no chão, levando o Leipzig a 40 pontos, cinco a mais que o Borussia Monchengladbach, que perdeu do Schalke 04 na sexta-feira. O Bayern de Munique, com 33, joga neste domingo contra o Hertha Berlim, fora de casa.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.