O presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, criticou os jogadores do seu clube, depois da derrota para o Monaco, no último domingo, por 2 a 0, pelo Campeonato Francês. O dirigente acredita que os jogadores não estão rendendo o que podem, alguns deles de olho em uma transferência ao fim da temporada.

LEIA MAIS: Assista aos 51 gols que Mbappé, aos 20 anos, já anotou no Campeonato Francês

“Este jogo contra o Monaco mostra todo o caminho que precisamos percorrer para alcançar nossos objetivos. Alguns jogadores estão muito abaixo do potencial deles. Aqueles que acham que podem fazer grandes transferências ao fim da temporada estão errados. Precisamos falar menos e dar muito mais”, escreveu Aulas no Twitter.

Gelson Martins abriu o placar para o Monaco, aos 18 minutos, com um chute da entrada da área, e Rony Lopes ampliou, ainda no primeiro tempo, com uma bela arrancada pela esquerda. Os dois gols saíram de pressão à saída de bola do Lyon. Subasic defendeu pênalti de Depay, na etapa final.

“Sabíamos que o Lyon tinha muita qualidade técnica. Se jogássemos muito recuados, seria perigoso. Jogamos com muita pressão, com linha média. Funcionou. No segundo tempo, controlamos a partida. Tivemos algumas situações, como o Lyon também. Mas, no fim, os dois gols de diferença foram justificados, na minha opinião”, disse o técnico do Monaco, Leonardo Jardim.

Leonardo Jardim voltou ao Monaco, no final de janeiro, e está com uma boa sequência de resultados. São três vitórias e um empate nas últimas quatro rodadas da Ligue 1. O bastante para abrir cinco pontos de vantagem para a zona de rebaixamento.

“Foi uma vitória muito importante porque precisamos do máximo de pontos na nossa situação. Contra um time de alta qualidade, como demonstrou nesta temporada contra Manchester City e Paris Saint-Germain, tivemos uma boa atitude, mas também qualidade de jogo”, encerrou o treinador português.