O Paris Saint-Germain busca urgentemente meio-campistas, uma carência conhecida desde o início da temporada, mas ignorada pela diretoria. O imbróglio envolvendo Adrien Rabiot e a falta de opções no setor levarão os parisienses a gastarem alto neste mercado. Leandro Paredes, que interessava também ao Chelsea, deverá ser anunciado pelo clube durante os próximos dias. Enquanto isso, Renato Sanches parece a bola da vez para se tornar complemento ao elenco de Thomas Tuchel. A verdade, porém, também guarda frustrações dos franceses. Frenkie de Jong era o sonho de consumo para a próxima temporada e parecia muito próximo do Parc des Princes, mas declinou e abraçou o projeto oferecido pelo Barcelona. Enquanto isso, Allan é mais um tiro n’água confirmado por ora. As especulações apontavam para um negócio de valor estratosférico já nesta janela, o que não se concretizou. Carlo Ancelotti garantiu que o brasileiro permanecerá no San Paolo.

Durante os últimos dias, as negociações afetaram o rendimento de Allan nos treinamentos do Napoli, conforme a visão de Ancelotti. Desta maneira, o treinador preferiu tirá-lo do time rumo ao importante confronto com o Milan, pela Serie A. Ainda assim, o veterano garante que este não é um indício do adeus do meio-campista na próxima semana. Um dos principais jogadores dos celestes, ele deverá permanecer na Itália ao menos até o final da temporada, auxiliando a equipe a completar os seus objetivos.

“Ele não treinou muito duro durante a semana. Nós o manteremos treinando e se preparando para a próxima semana. A única coisa que eu sei é que Allan ficará. É um importante jogador para nós e será ainda mais nesta segunda metade da temporada. Não é difícil comandar Allan, porque tudo estava muito claro. De nossa parte, não havia necessidade de vendê-lo”, explicou Ancelotti, em coletiva de imprensa.

Ancelotti não deixou clara qual era a posição de Allan sobre a venda, mas insistiu que o Napoli não aceitou a proposta feita pelos franceses: “Havia o interesse do PSG em comprá-lo, mas existem condições para se fazer isso. Se as ofertas não satisfazem, nada muda. O clube aceita a possibilidade do jogador se transferir se as condições forem atingidas, mas ele estava ciente que não era o caso e não queríamos ter problemas. De Laurentiis não deseja vender seus jogadores”.

Questionado sobre as demais movimentações do Napoli, Ancelotti falou sobre o interesse em Pablo Fornals e Hirving Lozano, bem como sobre a possível saída de Marko Rog ao Sevilla: “O clube está atento ao que acontece fora da Itália. Fornals é um dos muitos que estamos acompanhando, mas não é o único. Está na lista de jogadores jovens que observamos. Lozano é um excelente jogador. Também está nesta lista, como Fornals e outros. E Marko não estará no time por uma razão diferente. Ele sentiu dores, mas o seu futuro é incerto, porque pode sair por empréstimo, mas apenas nos nossos termos”.

Por fim, Ancelotti comentou o encontro com o Milan neste final de semana: “Amanhã, terei o prazer de retornar ao estádio onde experimentei muitas emoções. Nunca gostaria de enfrentar o Milan em um nível emocional, mas será uma grande ocasião contra um dos meus principais jogadores por lá, Gattuso. Piatek se apresentou bem e mostrou características importantes. É um atacante moderno, com um instinto artilheiro. Mas estou convencido que nos sairemos muito bem”.