Arrancar o empate quando o cronômetro marca mais 94 minutos é normalmente um motivo para muita comemoração. No caso do Milan nesta quarta-feira à noite, foi motivo de alívio. Porque o time teve um desempenho sofrível, tomou dois gols, ficou com um jogador a mais e, mesmo assim, só conseguiu um empate nos acréscimos. Os 2 a 2 conquistados diante da Spal, estádio Paolo Mazza, serviram como um ponto salvo, mas não ajuda os rossoneri na disputa por uma vaga europeia.

O brasileiro Lucas Paquetá foi titular do Milan, com Zlatan Ibrahimovic voltou no banco de reservas, pela primeira vez desde a quarentena. O time de Stefano Pioli vinha de duas vitórias consecutivas e tentava encaixar uma terceira em série. Ante Rebic foi titular no ataque e Samu Castillejo foi titular pela direita.

Logo no início do jogo, a Spal saiu em vantagem. Depois de uma cobrança de escanteio para o time de casa, Petagna reclamou de uma mão na bola do zagueiro Matteo Gabbia. O lance continuou com a bola pipocando na área até que Mattia Valoti colocou a bola na rede: 1 a 0, aos 13 minutos.

Castillejo precisou ser substituído ainda no começo do jogo. Com 17 minutos, ele sentiu uma lesão, entrou Alexis Saelemaekers. O Milan tentou reagir em um chute de Hakan Çalhanoglu, que foi defendido pelo goleiro Karlo Letica. Paquetá também levou perigo em uma cabeçada que pegou no lado de fora da rede.

Antes que os rossoneri pudessem reagir, a Spal ampliou a vantagem. Sergio Floccari chutou do meio da rua uma bola que estava pingando e marcou um golaço, indefensável para Gianluigi Donnaruma: 2 a 0, aos 30 minutos. A situação ficava complicada para o Milan.

Paquetá voltou a levar perigo em uma finalização com perigo, que levou o goleiro Letica a ter que fazer uma grande defesa. Logo depois, porém, ele não teria como impedir a bola na rede. Rebic foi lançado na ponta esquerda, cruzou rasteiro para trás, Saelemaekers fez um lindo corta-luz e Çalhanoglu finalizou para marcar, aos 36 minutos. O gol, porém, acabaria anulado após o VAR detectar que Rebic estava impedido no lançamento que recebeu.

Antes do fim do primeiro tempo, aos 42 minutos, Marco D’Alessandro por uma entrada dura de Theo Hernández. Inicialmente, o árbitro Maurizio Mariani mostrou cartão amarelo, mas depois da consulta ao VAR, mudou o cartão para vermelho. A Spal ficava, assim, com um jogador a menos e o Milan tinha uma chance.

Precisando de uma reação, Stefano Pioli fez uma mudança já no intervalo. Tirou o lateral Davide Calabria e colocou o atacante Rafael Leão. Paquetá continuou sendo um dos jogadores mais perigosos do Milan. Em uma finalização perigosa, o brasileiro mais uma vez exigiu grande defesa do goleiro Letica. Saelemaekers também levou perigo em uma cabeçada, salva por Valoti, e Rebic foi outro a finalizar com perigo.

Precisando da vitória, Zlatan Ibrahimovic voltou a campo aos 20 minutos do segundo tempo, substituindo Rebic. O sueco levou perigo em uma cabeçada por cima do gol, e a pressão do Milan continuava. O gol veio, enfim, aos 34 minutos. Letica afastou mal a bola, que ficou nos pés de Rafael Leão. Ele finalizou no canto e diminuiu o placar para 2 a 1.

O empate quase chegou com Ibrahimovic, em uma cobrança de falta. O drama continuava e o árbitro deu seis minutos de acréscimos. A Spal parecia que levaria os três pontos, o que seria fundamental para o time que luta contra o rebaixamento. Só que um escorregão deixou escapar dois pontos. Em um cruzamento de Saelemaekers, Francesco Vicari acabou colocando a bola para dentro em um gol contra. Empate por 2 a 2 e um ponto para cada time.

A única boa notícia para o Milan é mesmo Paquetá, que apesar do desempenho sofrível do time em campo, foi quem ais tentou. Foram 10 chutes a gol do brasileiro, o jogador mais perigoso dos milanistas.

O Milan fica com 43 pontos, em sétimo na tabela, a dois pontos do Napoli, sexto e com um jogo a menos, e a cinco pontos da Roma, quinta colocada. A Atalanta, quarta colocada, tem vantagem de 14 pontos, o que, a essa altura do campeonato, é uma distância quase inalcançável em condições normais.

A Spal, por sua vez, é o 19º colocado, com 19 pontos, seis a menos que o Lecce, 18º, e sete a menos que o Genoa, 17º. Com nove rodadas para o fim da Serie A, a Spal precisará de um milagre para se salvar.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore