David James tem 44 anos nas costas, mas continua se aventurando nos campos de futebol. O goleiro com três Copas do Mundo no currículo vive o ocaso de sua carreira longe do futebol inglês. Mais especificamente na Índia, onde defende a meta e também treina o Kerala Blasters, clube da Super League Indiana. No entanto, apesar do moral, “Calamity James” continua aprontando das suas. Como nesta semana, na derrota por 3 a 0 para o Goa, time do técnico Zico, do lateral André Santos e do meia Robert Pirès.

O desastre de James aconteceu logo após o primeiro tento dos adversários. Após um chute fraco, o goleirão deu rebote para Slepicka apenas completar as redes. Ainda assim, mais ridículo ainda foi o momento de fúria do camisa 70: ele foi chutar a trave só por raiva, mas errou a mira e caiu após se enrolar nas redes. Honrou o velho apelido de calamidade. E pensar que ele já chegou a sair do gol para atuar no ataque (!!!) do Manchester City, em jogo da Premier League 2004/05 contra o Middlesbroug que valia vaga na Copa da Uefa . Até hoje uma opção sem sentido algum do técnico Stuart Pearce, que acabou sem a classificação.