O Borussia Dortmund chegou a um acordo com o Bayern de Munique para a contratação do zagueiro Mats Hummels, que pode assim voltar a defender o clube. Entre 2008 e 2016, Hummels, defendeu o clube. Segundo anunciado no site do clube, são 25 gols em 306 jogos. A transferência, seMatsgundo o DW, é de € 30 milhões, com potencial de chegar a € 38 milhões com algumas cláusulas.

Quando foi contratado, em 2016, Hummels saiu por cerca de € 35 milhões. O contrato com o Dortmund será de três temporadas e a transferência ainda depende de exames médicos. Aos 30 anos, o jogador perdeu prestígio no Bayern, clube que iniciou a carreira na base, mas não teve espaço. Por isso, foi para o Dortmund em 2008 e por lá ficou por oito anos, se tornando o jogador da seleção alemã conhecido no mundo e campeão da Copa de 2014.

Na última temporada, Hummels foi muito criticado, assim como Jérôme Boateng, e junto com Thomas Müller, foi compulsoriamente aposentado pelo técnico da seleção alemã, Joachim Löw, logo depois do fracasso na Copa. Além disso, a tendência seria Hummels perderia ainda mais espaço no Bayern na próxima temporada com as chegadas dos franceses Benjamin Pavard, do Stuttgart, e Lucas Hernández, do Atlético de Madrid, que atuam como lateral, mas devem ser usados como zagueiros no clube bávaro.

A volta ao Dortmund dá mais opções ao clube no setor, já que alguns dos jogadores são muito jovens por ali. Manuel Akanji tem 23 anos e o outro zagueiro mais utilizado, Abdou Diallo, também tem 23 anos. Dan-Axel Zagadou, outra opção do setor, tem apenas 20 anos. Ömer Toprak, contratação da temporada passada, é mais experiente, com 29 anos, mas não se firmou no clube. Leonardo Balerdi, contratado junto com Boca Juniors, é outro jovem de 20 anos.

A contratação de Hummels aumenta a lista de chegadas no clube. Já viram o lateral esquerdo Nico Schulz, do Hoffenheim (€ 25,5 milhões); Julian Brandt, do Bayern Leverkusen (€ 25 milhões); e Thorgan Hazard, do Borussia Mönchengladbach (€ 25,5 milhões).