Primeira mulher a receber a Bola de Ouro, Ada Hegerberg mantém a fome por fazer história. Nesta quarta-feira, anotou dois gols na vitória do Lyon por 4 a 0 sobre o Fortuna Hjorring, da Dinamarca, fora de casa, pelo jogo de ida das oitavas de final da Champions League feminina, e igualou o recorde de gols da competição. Com 24 anos, chegou a 51 tentos e está ao lado da alemã Anja Mittag, que se aposentou no último mês de maio.

Hegerberg certamente a ultrapassará e, com muita carreira pela frente, tem tudo para estabelecer um novo patamar. Sua média é espetacular. Enquanto Mittag precisou de 68 partidas para chegar a meia centena de gols, a norueguesa alcançou o feito em apenas 49 jogos, ao converter um pênalti contra o Fortuna Hjorring. Mais tarde na mesma partida, a 100ª europeia do time feminino do Lyon, igualou o recorde ao fechar o placar. Eugénie Le Sommer fez os outros gols da goleada francesa.

“Recebi uma mensagem de Anja Mittag. É genial, ela é uma lenda, é um enorme prazer e me motiva. Você tem que equilibrar a diversão com o trabalho”, comemorou Hegerberg.

Veja as dez maiores artilheiras da Champions League feminina: 

1- Ada Hegerberg-NOR* (Stabaek-NOR, Turbine Postdam-ALE e Lyon-FRA): 51
1- Anja Mittag-ALE (Turbine Postdam-ALE, Rosengard-SUE, PSG-FRA, Wolfsburg-ALE): 51
3- Conny Pohlers-ALE (Turbine Postdam-ALE, FFC Frankfurt-ALE, Wolfsburg-ALE): 48
4 – Marta-BRA (Umea-SUE, Tyresö-SUE, Rosengard-SUE) 46
5 – Eugénie Le Sommer-FRA* (Lyon-FRA): 45
6 – Camille Abily-FRA (Montpellier-FRA, Lyon-FRA): 43
7 – Lotta Schelin-SUE (Lyon-FRA, Rosengard-SUE): 42
8 – Nina Burger-AUT (Neulengbach-AUT): 40
9 – Hanna Ljunberg-SUE (Umea-SUE): 39
10 – Inka Grings-ALE (Duisburg-ALE, Zurich-SUI): 38

*Jogadoras ainda em atividade

Manchester City e Atlético de Madrid empatam

Nos outros seis jogos de ida das oitavas de final nesta quarta-feira, houve algumas goleadas impiedosas. O Bayern de Munique fez 5 a 0 no BIIK Kazygurt, do Cazaquistão, o Wolfsburg foi um gol mais longe contra o Twente, da Holanda, e o Arsenal aplicou 5 a 2 contra o Slavia Praga, da Tchéquia. Em casa, o Brondby perdeu por 2 a 0 do escocês Glasgow City.

O jogo mais equilibrado, como esperado, acabou sendo entre o Manchester City e o Atlético do Madrid, dois dos melhores times de futebol feminino da Europa. A partida foi realizada na Inglaterra e as donas da casa abriram o placar, aos 13 minutos, com Janine Beckie. A mexicana Veronica Corral empatou, aos 36 da segunda etapa.

No último jogo do dia, o Paris Saint-Germain fez 4 a 0, fora de casa, contra o Breidablik Kópavogur, da Islândia. O Barcelona enfrenta o Minsk, de Belarus, nesta quinta-feira. As partidas de volta serão entre 30 e 31 de outubro.

.