Aimé Anthuenis anunciou, em entrevista publicada hoje pelo jornal “La Dernière Heure”, que não renovará seu contrato, com final prevista em junho de 2006, com a Bélgica. O treinador fracassou na tentativa de levar os Diabos Vermelhos à Copa, com a derrota para a Espanha no último sábado.

Anthuenis foi o primeiro treinador belga que, desde 1978, falhou em duas eliminatórias seguidas. Além de não ir ao Mundial da Alemanha, a Bélgica também ficou de fora da Euro-04.

Apesar de outro resultado negativo, Jan Peeter, presidente da federação belga, assegurou que não tomou ainda uma decisão sobre o futuro do treinador. “Abordaremos este tema depois da última partida das eliminatórias, contra a Lituânia”.


Os comentários estão desativados.