Com Lionel Messi machucado no começo de temporada, estreando em 2019/20 só contra o Borussia Dortmund nesta terça-feira (20), a expectativa era de que Antoine Griezmann atraísse os principais holofotes no Barcelona. Em vez disso, as luzes brilharam mais forte sobre Ansu Fati, garoto de apenas 16 anos nascido em Guiné-Bissau que, agora, pode oficialmente jogar pela Espanha depois de garantir a nacionalidade espanhola.

Fati conseguiu a nacionalidade e o passaporte espanhóis nesta sexta-feira (20), e a Federação Espanhola o incluiu em sua lista de atletas para a disputa da Copa do Mundo Sub-17, que acontecerá aqui no Brasil entre outubro e novembro.

A Federação Espanhola tem trabalhado no processo de nacionalização de Fati há três meses, antes de ele explodir para o mundo ao se tornar o segundo jogador mais jovem a entrar em campo em uma partida oficial do Barcelona. No jogo seguinte à estreia, Fati se tornou ainda o mais jovem a marcar com a camisa do Barça em sua história e agora soma dois gols e uma assistência em quatro jogos.

De olho no Mundial no Brasil, a Federação Espanhola pediu urgência no processo, que foi apoiado pelo Barcelona e pelo Conselho Superior de Esportes da Espanha. Fati poderia ter escolhido também a nacionalidade portuguesa, já que seu pai imigrou para Portugal em 2002 antes de se mudar para a Espanha e levar a família, que havia ficado em Guiné-Bissau.

Toda a empolgação em torno de Ansu Fati teve até mesmo o carimbo oficial de Lionel Messi, que publicou uma foto abraçando o garoto em sua própria conta no Instagram. Depois de anos sem fazer jus à sua fama, La Masía parece estar entregando um verdadeiro projeto de craque, com muitos anos pela frente para se lapidar e virar realidade.

Quem torce para que isso se concretize agora é o restante da Espanha, com Fati tendo potencial de se tornar nome importante também para a seleção espanhola. Portugal vai ter que se contentar só com um tal de João Félix, enquanto Guiné-Bissau… bom, Guiné-Bissau sabia que as chances de o garoto escolher representar seu país-natal eram mínimas.