Não é todo dia que vemos o Bayern de Munique ser atropelado na Bundesliga. Neste sábado, porém, o Eintracht Frankfurt explorou as fraquezas do time bávaro e conseguiu uma vitória histórica. O que se viu na Commerzbank Arena foi um massacre. O Frankfurt passou por cima e goleou por 5 a 1, em um jogo que desde o começo teve problemas para o mais poderoso clube da Alemanha.

Logo a nove minutos, Jérôme Boateng acabou expulso depois de uma falta que o árbitro considerou barrar uma clara oportunidade de gol. Com um a menos desde tão cedo, o Bayern já teve problemas para resolver. Só que o técnico Niko Kovac optou por não recompor o time, trazendo outro zagueiro para o campo. Benjamin Pavard, que foi lateral no jogo, foi trazido para o centro e Joshua Kimmich, que começou no meio-campo, foi para a lateral. A defesa remendada incluía ainda David Alaba, como zagueiro central, e Alpholso Davies como lateral esquerdo.

O Eintracht Frankfurt começou vencendo aos 25 minutos. Depois de jogada pela direita, Djibril Sow chutou, a bola desviou na defesa e sobrou para Filip Kostic, livre, tocar e marcar 1 a 0 para os mandantes. O momento foi muito positivo para o time da casa, que aproveitou para ampliar aos 32 minutos. Linda troca de passes pelo meio, Kostic recebeu pela esquerda e chutou mascado. A bola sobrou para Djibril Sow finalizar de primeira e ampliar: 2 a 0.

Antes do intervalo, o Bayern conseguiu um gol na marra. Lewandowski recebeu, fez uma linda jogada e finalizou colocado, diminuindo o placar para 2 a 1. Poderia ser o primeiro ponto de virada para os bávaros. Só que a volta do intervalo não mostrou isso.

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Danny da Costa cruzou para a área e David Abraham, na segunda trave, completou para o gol: 3 a 1 para o Eintracht Frankfurt. As coisas continuaram muito difíceis para os bávaros. Em escanteio de Filip Kostic, Martin Hinteregger tocou de cabeça para ampliar e, a essa altura, já era goleada: 4 a 1.

O jogo estava claramente decidido, ao menos em termos do vencedor. Só que o Eintracht Frankfurt ainda torceu mais uma vez a faca. André Silva recebeu dentro da área, fez a jogada e rolou para Gonçalo Paciência, que só empurrou para o gol e colocou mais um gol no placar: 5 a 1.

Uma derrota acachapante que colocará o técnico Niko Kovac em água fervendo. A pressão sobre o croata é enorme e o rendimento ruim do time, apesar de, como sempre, estar brigando no topo da tabela, deixa muitos insatisfeitos no gigante da Baviera.

Standings provided by Sofascore LiveScore