Cercada de expectativa, a Inter fez uma estreia decepcionante no Campeonato Italiano. Jogando fora de casa, o time perdeu por 1 a 0 do Sassuolo, que fez uma boa partida e conseguiu segurar o ataque reforçado do time. A tarefa foi facilitada porque o time de Milão pouco conseguiu criar. O centroavante Mauro Icardi teve poucas chances com a bola e Lautáro Martínez, um dos reforços, fez uma partida muito apagada.

LEIA TAMBÉM: Kluivert deu seu cartão de visita no golaço de Dzeko que deu vitória à Roma contra o Torino

Na temporada 2017/18, a Inter sofreu muito para criar jogadas. Dependeu em demasia do seu centroavante para marcar os gols. Contra o Sassuolo, o time teve exatamente o mesmo problema. O técnico Luciano Spalletti deixou Ivan Perisic no banco, colocando Lwadwo Asamoah como ponta pela esquerda com o brasileiro Dalbert como lateral esquerdo. Entre os reforços, Stefan De Vrij começou ao lado de Miranda, já que Skriniar não tinha condições de jogar.

Lautaro Martínez e Matteo Politano foram outros jogadores contratados nesta temporada e que começaram jogando. Mas ambos fizeram partidas pouco inspiradas. O melhor jogador da Inter em campo foi Marcelo Brozovic, que começou como titular no meio, mas teve que ser substituído no segundo tempo, já cansado. Ele e Asamoah foram os jogadores que se salvaram em uma atuação muito ruim do time.

O gol da vitória do Sassuolo saiu em um lance discutível. Federico Di Francesco fez um lance pelo meio, cortando a marcação e entrando na área. Foi derrubado na área por Miranda, na interpretação do árbitro. Pênalti que Domenico Berardi cobrou, a bola ainda bateu em Handanovic e entrou: 1 a 0, aos 27 minutos do primeiro tempo. Naquele momento, era o Sassuolo quem tinha mais ações ofensivas, emborra a Inter conseguisse assustar em alguns poucos lances.

No segundo tempo, Spalletti tirou Dalbert e colocou Perisic. Com isso, Asamoah foi para a lateral esquerda. Só que o time melhorou pouco. O melhor lance foi em um bom lançamento para Perisic na esquerda, com o croata fazendo um cruzamento muito perigoso na direção de Icardi. O argentino, porém, tocou por cima do gol. Depois disso, a Inter pouco ameaçou a meta defendida por Andrea Consigli. Tanto que o goleiro só foi fazer uma defesa difícil já nos acréscimos, em um lance que De Vrij finalizou, dentro da área, e ele impediu o gol.

Lautaro Martínez foi substituído aos 24 minutos do segundo tempo para a entrada de Baldé Keita, que estreou. O argentino não foi bem e seu substituto também não. No final, com Brozovic cansado, ele foi substituído por Yann Karamoh, que tentou deixar o time mais ofensivo. Também não conseguiu.

Por outro lado, o técnico Roberto De Zerbi, do Sassuolo, tem muito o que comemorar. O primeiro tempo do time no estádio Mapei foi excelente, sendo mesmo melhor que a Inter. Conseguiu criar algumas chances, marcou o seu gol e conseguiu se defender bem no segundo tempo. O time foi ofensivo, como era na época de Eusebio Di Francesco (atualmente na Roma). Conseguiu envolver a Inter em alguns momentos, algo que o time não conseguiu na temporada passada na maioria dos jogos. As perspectivas com De Zerbi são ótimas. Veremos como o Sassuolo joga o campeonato.