Quando o seu principal jogador entra em conflito e é afastado, o que os torcedores pensam é que o time irá sofrer. Dimitry Payet foi o craque do West Ham na temporada passada. Em péssimo momento, os Hammers viram o francês dizer que quer ir embora, quando seu ex-clube faz proposta para levá-lo. Curiosamente, desde que o melhor jogador do time foi afastado, o rendimento do West Ham melhorou. Neste sábado, a vitória por 3 a 1 fora de casa contra o Middlesbrough veio com dois gols de Andy Carroll e com um inédito gol de Jonathan Calleri, que mal tinha jogado no clube até ali.

LEIA TAMBÉM: Tottenham arrancou empate em jogaço com Man City, que teve boa estreia de Jesus

O mais surpreendente é que o time não tem sofrido com a ausência de Payet. Não que ele não possa fazer a diferença, mas o time parece ter encontrado um caminho para jogar sem ele. E Andy Carroll, que sofreu tanto com lesões na última temporada, encontrou seu lugar no time. Os dois gols contra o Middlesbrough foram de um típico camisa 9 que ele é. E basta lembrar que na rodada passada ele marcou um golaço para dar a vitória ao West Ham.

O gol de Calleri veio para dar um alívio aos torcedores dos Hammers, já aos 48 minutos do segundo tempo. Foi o sétimo jogo dele na Premier League na temporada, sempre entrando no fim do jogo. Neste sábado, Calleri jogou por cerca de 25 minutos. No total, tem 157 minutos na temporada até aqui. Marcou o seu primeiro gol em um contra-ataque aos 48 minutos do segundo tempo. Um gol que pode ao menos dar um pouco de confiança para que ele entre mais.

Enquanto isso, o West Ham vai se recuperando de uma campanha desastrosa. Andy Carroll, na forma atual, é um jogador essencial aos Hammers, com gols que o tornam essencial. Lembra a forma que ele teve no seu início de carreira, pelo Newcastle, quando foi contratado pelo Liverpool por uma fortuna. Agora, Carroll vai atendendo às expectativas que o próprio West Ham tinha quando o contratou. O técnico adversário, Aitor Karanka, disse depois do jogo que “nada do que o time dele fizesse poderia parar Carroll”.

Slaven Bilic tem muito o que comemorar. O técnico, que passava por maus momentos e recentemente viu seu time tomar um sonoro 5 a 1 do Manchester City na Copa da Inglaterra, parecia sob uma imensa pressão de entregar resultados melhores. E teve que fazer isso sem contar com Payet. Agora, parece ter força para conseguir vender o jogador apenas pelos £ 30 milhões (€ 34,7 milhões) e começar a reconstruir o time para a próxima temporada. A reação veio tarde demais para brigar por algo mais em cima, como na temporada passada. O time está em 10º lugar, a 28 pontos e a quatro do West Brom, nono colocado.