América do SulLibertadores

Torcedor é morto por rojão durante jogo do Corinthians

Um torcedor de 14 anos faleceu nas arquibancadas do Estádio Jesús Bermúdez, em Oruro, durante a partida entre San José e Corinthians. Kevin Beltran foi atingido por um sinalizador atirado pela torcida visitante, conforme a polícia. Apesar do ocorrido, o jogo não foi paralisado.

Segundo o repórter Guilherme Dorneles, da Rádio CBN, Beltran foi atingido no olho e sofreu uma hemorragia. O garoto, morador de Cochabamba, chegou a ser levado a um hospital, mas não resistiu. Por conta do caso, a polícia local deteve doze torcedores corintianos – seis deles tiveram vestígios de pólvora encontrados nas mãos.

“Lamentavelmente, alguns torcedores do Corinthians atiraram um objeto cilíndrico que acertou o olho de um menor, que lhe causou a morte. Posteriormente os torcedores foram identificados e foram detidos”, disse Héctor Rios, coronel da polícia, em entrevista à Fox Sports.

Bastante emocionado durante a coletiva de imprensa, o técnico Tite lamentou o ocorrido: “Não se vence a qualquer custo. Eu sei que não tira a dor da família. Daria o título do Mundial em troca da vida do menino”. Autor do gol do San José, Carlos Saucedo também mandou condolências.

O incidente teria acontecido logo após o gol de Paolo Guerrero, aos cinco minutos do primeiro tempo. Um dos sinalizadores acesos pela torcida do Corinthians durante a comemoração foi direcionado ao setor ocupado pelo San José, acertando Beltran.

Após a partida, o público boliviano se revoltou contra brasileiros presentes no estádio, chamando-os de “assassinos”. A saída dos alvinegros do estádio foi retardada pela polícia, temendo novas agressões. Além disso, o hotel onde a equipe brasileira se hospedou teve sua segurança reforçada.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo