América do SulHolandaMundo

Sendo cruel com o Uruguai, derrota foi um déjà vu de 74

Antes de tudo, começo pedindo desculpas aos uruguaios. Desculpas por qualquer sofrimento a mais. Mas não consigo evitar. Porque o massacre espanhol de hoje lembrou um outro de 39 anos atrás (quase exatos, porque foi em 15 de junho), que também tinha o Uruguai como vítima e cujo placar não reflete o que foi o duelo.

Ajax e Feijenoord já haviam conquistado a Copa dos Campeões, mas o mundo descobriu o futebol total em uma partida da Celeste. Foi nos 2 a 0 da Holanda em Hannover, pela primeira rodada da Copa de 1974. Os uruguaios não sabiam como lidar com aquele estilo de futebol completamente diferente de qualquer coisa, ficaram olhando os laranjas jogarem. E só perderam por 2 a 0 porque tinham Mazurkiewicz no gol e os holandeses foram muito generosos nas finalizações.

Vejam abaixo os melhores momentos daquele jogo histórico (dica: coloquem no mudo, porque a musiquinha do vídeo é chata):

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo