América do SulArgentina

Estes são os 23 convocados da Argentina para a Copa América e sem Tevez

O técnico da seleção argentina, Gerard Martino, divulgou os 23 nomes dos jogadores que irão à Copa América Centenário, que começa  no próximo dia 3 de junho nos Estados Unidos. A surpresa é a ausência do atacante Carlos Tevez, do Boca Juniors.

LEIA TAMBÉM: Estes são os 23 convocados do Brasil para a Copa América Centenário

Um dos nomes mais pedidos pelos torcedores até a Copa do Mundo de 2014, o argentino voltou a figurar na seleção da Argentina depois de brilhar pela Juventus, levando o time italiano à final da Champions League e sendo um dos melhores jogadores. Esteve na Copa América do Chile, em 2015, quando os albicelestes ficaram com o vice-campeonato. Desta vez, porém, fica fora da lista.

Um argentino que brilha pela Juventus, Paulo Dybala, ficou fora da lista também, mas este é por outro motivo. Deve defender a seleção argentina na Olimpíada do Rio, em agosto. Havia a expectativa que ele pudesse ser chamado, o que só acontecerá agora se for preciso fazer uma mudança na lista por lesão. Sem Tevez e Dybala, o técnico vai contar com Ezequiel Lavezzi, que foi jogar na China no início de 2016. Além deles, Sergio Agüero e Gonzalo Higuaín também estão na lista final.

Entre os 23 nomes, a maior surpresa é na defesa. Víctor Cuesta, zagueiro do Independiente, foi chamado para o elenco. Pablo Zabaleta e Javier Pinola estão machucados e não foram incluídos na lista. Jonathan Maidana, do River Plate, também foi uma surpresa que apareceu entre os nomes divulgados por Martino.

Goleiros: Sergio Romero (Manchester United-ING); Mariano Andújar (Estudiantes de La Plata) e Nahuel Guzmán (Tigres-MEX);

Defensores: Facundo Roncaglia (Fiorentina-ITA), Gabriel Mercado (River Plate), Jonatan Maidana (River Plate), Ramiro Funes Mori (Everton-ING), Nicolás Otamendi (Manchester City-ING), Marcos Rojo (Manchester United-ING) e Víctor Cuesta (Independiente);

Meio-campistas: Matías Kranevitter (Atlético de Madrid-ESP), Javier Mascherano (Barcelona-ESP), Éver Banega (Sevilla-ESP), Lucas Biglia (Lazio-ITA), Javier Pastore (Paris Saint Germain-FRA), Augusto Fernández (Atlético de Madrid-ESP) e Erik Lamela (Tottenham Hotspu-ING).

Atacantes: Ángel Di María (Paris Saint Germain-FRA), Ezequiel Lavezzi (Hebei Fortune-CHN), Lionel Messi (Barcelona-ESP), Sergio Agüero (Manchester City-ING), Gonzalo Higuaín (Napoli-ITA) e Nicolás Gaitán (Benfica-POR).

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo