América do SulBlog do Corneta EuropaChampions LeagueLibertadores

Dez motivos pelos quais a Libertadores é muito superior à Championzzzzzzz

Estava sentado em meu sofá com estofado de tigre assistindo ao clássico PSG x Chelsea de donos milionários e durante a partida cochilei umas duas vezes ante a apatia de sistemas táticos bem postados, centroavantes renomados que nunca fazem gol em jogo decisivo e dois gols de cabeça no popular de xiripa. À noite, Anderson contorcia-se no banco de reservas respirando através dum tubo de oxigência, provavelmente passando um filme de como era bom comer e dormir em Manchester enquanto o seu time agoniava-se num RODIÃO do glorioso The Strongest.

Fui domir convicto de que Libertadores x Champions é mais um evidente caso de como algo teoricamente pior na verdade é MUITO MELHOR. Permitam-me uma analogia: Champions é o filme pornô e toda aquela perfeição em forma de peitos siliconados, loiras de cabelos esvoaçantes e loucuras mil, porém, inatingível; enquanto a Libertadores é o objetivo ato do que chamamos BOTAR PRA DENTRO. Esse, apenas um dos dez motivos a seguir para o incontestável fato da COPA ser melhor.

Entrada em campo

Fumaceira, sinalizador, papel picado, caos, demência e aquela cara do adversário de MAS EM QUE PICA EU FUI ME METER? Pode ficar com teu hino e o mosaico, que inclusive deve ser apenas mais um motivo pra ficar sentado no jogo.

Imprevisibilidade

“Campeonato equilibrado não significa qualidade” é o velho mantra. Mas esse futebol do “prefiro que o melhor vença” é coisa de jornalista, porque o torcedor nem sempre torce pro melhor. E não tem nada mais LIBERTINOSO que ganhar sendo o PIOR. Você REALMENTE não acha mais legal entrar em um campeonato podendo GANHAR? Que um time com orçamento mensal do ESTOQUE DE GEL DO CRISTIANO RONALDO possa ter o doce sabor de beijar a taça? A coisa mais legal na história da Champions teria sido o título do VILLAREAL – e, Riquelme, jamais lhe perdoaremos.

O fator Higuita

Jamais haverá na Champions um desfile tão mambembe de PERSONAGENS como os que aparecem todo ano na Copa. Valderrama, Cabañas, Aguinaga, apenas pra citar os que NUNCA venceram a competição.

É melhor ser alegre que ser triste

Não discutam com o poeta. A grande MAGIA do futebol é que cada um tem o seu modo de torcer, mas a piada corrente é que na Champions as torcidas se comportam como em um casamento na hora do famoso “fale agora ou CALE-SE PARA SEMPRE”.

O astro cheirando a leite

Neymar, Tevez, Suarez, Aguero, Falcão Garcia e mais uma lista do tamanho da RIO-NITERÓI de estrelas que hoje desfilam nos límpidos e equestres gramados europeus de maneira quase geral são vistos pela primeira vez por aqui. (Sem contar os técnicos argentinos). E pra quem ainda moleque aguenta botinada e campos de pastoreio e escanteio com escolta da polícia, se “adaptar na Europa” é mais fácil que casar com a Gisele Bundchen tendo namorado a Claudia Gimenez. Algo que nos leva diretamente a…

Acabou La Paz

Um torneio em que a GEOGRAFIA se classifica para a próxima fase não pode ser ruim. Por mim, todos times bolivianos que jogam nas cidades do alto podiam ser chamados apenas de ALTITUDE FC. Toda vez aos 15 do segundo tempo, quando o time ao nível do mar já se arrasta como um bêbado à procura da chave na porta de casa, a imagem que sempre me vem a cabeça é: IMAGINA O ROONEY.

Cachorrada

Cachorro conversa com jogador da Universidad Católica
Cachorro conversa com jogador da Universidad Católica

É melhor que protesto com algum tico murcho correndo no gramado, não?

Melhor decisão

Se tem uma coisa que a pobreza do continente e o amadorismo é uma vantagem é a decisão em dois jogos. Nada deve ser mais deprê que ver todos jogos do seu time e na hora de ASSOPRAR AS VELINHAS da felicidade ter de ir jogar fora. Pode contratar a equipe do Oscar que uma final Boca x Olimpia em MEDELLIN não teria o mesmo charme e festa e demência de La Bombonera e Defensores Del Chaco.

Melhor fase de grupos

Pelos motivos já destacados, qualquer tropeço em La Paz, um APAGÃO contra os sempre traiçoeiros colombianos ou — bom futebol, ora bolas — um time bem armado que poucos conheciam (mais sorte na próxima Nacional Querido), faz a primeira fase já bem mais interessante. A fase de grupos da Champions é apenas uma desculpa para a premiação aos clubes pequenos, que aceitariam de bom grado sem nem precisar tomar uma goleada do Bayern de Munique.

Portugal fica na Europa

Não é xenofobia ou algo assim. Mas todo santo ano, sem exceção, Benfica e Porto participando do torneio como um FIGURANTE DE MALHAÇÃO já dá uma grande preguiça. Os dois times, aliás, tem tantos sul-americanos que bem poderia jogar a Libertadores no lugar dos mexicanos. Onde cairiam nas quartas-de final.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo