ArgentinaCopa do Mundo

O gol que Maradona acha mais bonito que aquele de 86

O golaço de Diego Maradona sobre a Inglaterra em 1986 é considerado o mais bonito da história das Copas. No mesmo dia em que recebeu a ajuda de “la mano de Dios”, o camisa 10 assinou a obra-prima. Arrancou desde o campo de defesa e só para nas redes, depois de driblar impiedosamente cinco marcadores, incluindo o goleiro Peter Shilton. Segundo o próprio argentino, porém, o tento mais famoso não é o mais bonito.

Em uma entrevista em 2003, Maradona afirmou que seu gol preferido havia acontecido, na verdade, seis anos antes daquele do México. Em 1980, durante um amistoso contra o Deportivo Pereira, o então prodígio do Argentinos Juniors dominou já na intermediária do campo de ataque e driblou quatro marcadores, um deles duas vezes, antes de concluir a genialidade. “Parecido, mas mais charmoso do que aquele de 1986”, disse El Diez. O problema é que, assim como o mítico gol de Pelé na Rua Javari, faltavam imagens da pintura.

Dez anos depois da afirmação, enfim, os pobres mortais podem comparar os dois golaços. Um vídeo do tento esquecido foi encontrado e publicado nesta sexta, ganhando repercussão imediata. A qualidade das imagens não é boa, mas suficiente para perceber como era fora de série o garoto de 19 anos. A forma como os defensores são batidos é até mais impressionante do que aconteceu com os ingleses, todos no chão. Concorda com o camisa 10 e prefere a joia perdida? Confira:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo