Argentina

Dedicação é desarmar com a cabeça, perder dentes e levar cartão

Gaspar Iñíguez pode ser culpado de imprudência, mas não de covardia. O jovem de 19 anos do Argentino Juniors usou a cabeça para parar um contra-ataque do Boca Juniors no último domingo. Literalmente.

Foi assim: Cristian Erbes carregava a bola pela intermediária, Iñiguez se aproximou e começou a tropeçar. Mesmo caindo, em um notável manifesto de dedicação, tentou desarmar o adversário e conseguiu. Com a boca.

Iñiguez perdeu três dentes na jogada e está sendo chamado pelo diário Olé de “O Mago Sem Dentes”. Ao menos isso, porque o volante levou cartão amarelo na jogada e o Argentino Juniors empatou em casa com o Boca.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo