Argentina

Agüero quis ajudar o Independiente e foi ignorado

A fase não é nada boa para o Independiente. Rebaixado à segunda divisão argentina, o Rojo estreou com derrota na B, diante do Brown Adrogué. Antes do duelo, já víamos grandes mudanças como a nova camisa especial que será listrada e uma campanha para unir os torcedores em torno do clube para seu retorno à elite.

Quando lançou esta camisa listrada, o Independiente contou com um ilustre garoto propaganda: Sergio Agüero, atacante do Manchester City, torcedor assumido do Rojo e formado em Avellaneda. Só que a mãozinha do jogador não ficou só na publicidade.

De acordo com o site Canchallena, o atleta do City se ofereceu para pagar cinco contratações ao antigo clube. Ele se encarregaria de pagar as despesas da transferência e dos salários. A informação foi confirmada pelo pai de Agüero: “Sergio se ofereceu sim para comprar estes cinco jogadores. Pedimos a Carlos Squeo (diretor esportivo) e a Miguel Ángel Brindisi (técnico do Rojo) que fizessem uma lista. Nenhum dos dois nos respondeu, sequer outro diretor”.

A recusa não tem muita explicação. Talvez os dirigentes do clube não tenham levado a sério a proposta de Sergio. Ou acreditam mesmo que podem sair dessa lama com esforço próprio, o que é louvável e até certo ponto soa arrogante. Ao fim da temporada saberemos se era mesmo preciso ou se a atitude de ignorar a boa ação de Agüero se voltará contra o Independiente.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é editor-chefe da Revista Relvado, zagueiro ocasional, ex-jornalista, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo