O Paris Saint-Germain teve um jogo tranquilo neste fim de semana pela Ligue 1 e, em meio a uma dura disputa de quartas de final da Champions League contra o Manchester City, resolveu poupar jogadores. O time entrou em campo basicamente só com reservas, exceção feita ao volante Blaise Matuidi. Lucas brilhou com dois gols sendo, mais uma vez, um bom destaque do time em jogadas ofensivas.

LEIA TAMBÉM: Douglas Costa continua voando e marcou um belo gol pelo Bayern

Nenhuma das estrelas do time titular esteve em campo. Zlatan Ibrahimovic, Edinson Cavani e companhia foram descansados para o duelo duro que o time terá com o Manchester City, na próxima terça-feira. Por isso, caiu sobre Lucas a responsabilidade de levar o time à vitória. O primeiro gol do jogo veio só no segundo tempo, aos 11 minutos. De pênalti, Lucas marcou 1 a 0. Depois, aos 26 minutos, ele completou uma bela jogada do lateral esquerdo reserva Layvin Kurzawa e fez 2 a 0.

Na temporada, Lucas foi mais titular do que reserva. Na Ligue 1, fez 23 jogos como titular e oito entrando no segundo tempo. Fez oito gols e quatro assistências. Faz a sua melhor temporada no clube francês, criando jogadas perigosas pelos lados do campo. Apesar disso, continua fora das convocações da seleção brasileira. Ainda espera por uma convocação para a Copa América, em junho, nos Estados Unidos. Como a Seleção pode ficar sem Neymar, que deve ser liberado apenas para a Olimpíada do Rio, crescem as chances do jogador do PSG ser chamado.

Enquanto isso, Lucas ganha pontos com o técnico do PSG, Laurent Blanc, para ao menos entrar em campo no segundo tempo no jogo contra o Manchester City na terça-feira. Uma vitória francesa pode levar o time de volta a uma semifinal de Champions League, algo que não acontece desde a temporada 1994/95, quando os parisienses, que contavam com Raí, um ex-jogador do São Paulo como Lucas, caíram diante do Milan.

Gols do jogo: