Gols dos zagueiros Diego Godín e Giménez deram ao Atlético de Madrid a importante vitória por 2 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Champions League, contra uma Juventus que teve muitas dificuldades no campo ofensivo. Como costuma acontecer quando um time enfrenta os colchoneros de Diego Simeone em um dia iluminado. Após o jogo, Massimiliano Allegri reconheceu que sua equipe foi mal no segundo tempo, mas também elogiou o adversário.

LEIA MAIS: A vitória gigantesca do Atleti, emblematicamente, erigiu os gigantes de sua zaga como heróis

 

“Você tem que ver contra quem está jogando. O Atlético tem feito times jogarem mal há oito anos. Jogar contra o Atlético exige paciência e você precisa aproveitar as chances. O Atlético é diferente dos outros times. Quando você joga contra o Atlético, não tem grandes chances. Eles fazem você jogar mal e tiram a velocidade do jogo. Eles são muito fortes. Em Turim, teremos que jogar mais rápido, com mais precisão”, afirmou o treinador da Juventus.

Allegri disse que o seu time não sofreu por falta de intensidade. Mas por falta de precisão. “O time jogou bem. Foi um jogo difícil e eles nos deram pouca coisa. Eles podem estar defendendo em um momento e de repente lançar a bola para frente no outro. Fomos mal no segundo tempo. Dormimos”, disse.

O treinador também comentou o retorno de Cristiano Ronaldo a Madri para enfrentar um dos seus antigos grandes rivais. “Ronaldo jogou bem. Ele é um jogador acostumado a este tipo de jogo. Ele não decepcionou. Nós cometemos erros como um time e eles servirão de lição para o jogo de volta”, encerrou.


Os comentários estão desativados.