Algumas coisas nunca mudam no futebol mundial. Certos times irão manter sua hegemonia dentro do país, outros começarão mal a temporada e teremos boas surpresas de jogadores que despontam para o estrelato.

Por mais não possamos comemorar o início da Serie A, a única das cinco grandes ligas que ainda não começou, todo o resto está bem satisfatório. Juventus e Barça golearam, o Arsenal perdeu em casa na estreia da Premier League, o Ajax derrubou o Feyenoord e o colombiano Quintero mostrou porque é um dos jogadores a se observar neste ano, pelo Porto.

O Porto, aliás, terminou o último Portuguesão (ou bigodão, pastel de belenzão, como preferir) sem perder nenhuma partida e quase se despediu dessa invencibilidade ao sofrer diante do Vitória de Setúbal.

Já adiantamos coisa demais na chamada. O resto você descobre aqui no Balanço, ó só:

O jogão

Juventus 4×0 Lazio
Leia o relato

A Juve começou bem a temporada italiana ao massacrar a Lazio em pleno Olimpico pela Supercopa. É claro que o jogo não valia muita coisa, mas vamos conversar que uma vitória por 4 a 0 (Pogba, Lichtsteiner, Vucinic e Tévez) dá muita moral para os vencedores, que por sinal também chegam com força para tentar o tricampeonato nacional. A Lazio não precisa se lamentar muito, apenas corrigir as falhas que permitiram os quatro gols sofridos. Afinal, eles também foram campeões na última temporada, importante lembrar. Destaque para Pogba, que abriu o caminho ao fazer o primeiro gol.

A goleada

Barcelona 7×0 Levante
Leia o relato

Era pra ser a estreia oficial de Neymar em La Liga. Mas o brasileiro foi completamente ofuscado pela goleada do Barça que foi construída ainda no primeiro tempo. O ex-santista entrou só no segundo tempo e ainda levou cartão amarelo. Adivinha só quem foi o destaque em campo? Ele mesmo, HitOPA, Messi, sempre ele, com três gols. Nem poderia ser diferente. 7×0 no Levante, fora o baile. A humilhação ficou por conta da declaração do treinador dos visitantes, que saiu do jogo dizendo que o seu time parecia o Santos ao levar um chacoalhão do Barça no Camp Nou. Que fase, hein Peixe?

A surpresa

Arsenal 1×3 Aston Villa
Leia o relato

O Arsenal estreou na Premier League diante de sua torcida, no Emirates Stadium, contra o Aston Villa, e quem esperava uma atuação convincente, morreu com os burros n´água. O time de Arsene Wenger chegava sem muita moral e sobretudo sem os grandes reforços prometidos na última janela. Mas o caldo entornou para os Gunners, que começaram na frente com gol de Giroud e levaram a virada com dois do artilheiro Benteke (de pênalti) e um de Luna, para selar a vitória dos Villans. Se a cobrança já era grande em cima de Wenger e seus pupilos, agora deve ser um pouco pior.

A virada

Vitória de Setúbal 1×3 Porto
Leia o relato

Ninguém esperava que o Porto começasse perdendo no Português, mesmo que fora de casa contra o Vitória de Setúbal. Invicto na última temporada, o Dragão se levantou após sair perdendo no primeiro tempo. Josué, Quintero e Jackson Martínez marcaram os gols do atual campeão português, que não dormiu no ponto e evitou perder a série invicta.

O clássico

Ajax 2×1 Feyenoord

Os dois precisavam vencer para não deixar o PSV disparar na tabela da Eredivisie. Ajax e Feyenoord reviveram o maior clássico holandês em Amsterdã e os donos da casa saíram com a vitória. O Feyenoord saiu na frente com um gol do italiano Pellè e antes mesmo do intervalo já tinham levado a virada do Ajax, movido por Sigthorsson, que fez os dois gols dos Godenzonen. Bem, estamos sem grandes novidades.

O craque

Juan Fernando Quintero
Vitória de Setúbal 1×3 Porto

Os Dragões colocaram o arisco colombiano Quintero em campo e ele precisou de pouquíssimo tempo para resolver o jogo contra o Vitória de Setúbal. Em 30 segundos o rapaz fez o gol que colocou o Porto na frente do placar. Olho nele, deverá ser o grande destaque do Portuguesão nesta temporada.

O golaço

Juan Agudelo
New England Revolution 2×0 Chicago Fire

O golaço dessa semana foi incontestável. Juan Agudelo mereceu demais estrelar esse tópico ao encobrir o goleiro do Chicago Fire usando seu calcanhar. Achamos que você não precisa ler mais sobre. Apenas veja e ouça a narração: AGUDELO, GOLAZO!

O brasileiro

Roberto Firmino
Hoffenheim 5×1 Hamburg

Ele não podia ficar de fora do Balanço como o brasileiro da rodada. Afinal, Firmino destruiu o Hamburg marcando dois gols e dando três assistências. É isso, senhores, o rapaz participou de todos os tentos do seu time. Está de parabéns e esperamos que repita o sucesso nas próximas rodadas.