Em um tempo de tanta incerteza, Alexis Sánchez deu um bom sinal para o seu clube. A Internazionale goleou o Brescia por 6 a 0 nesta quarta-feira, com direito a uma boa atuação do chileno. Um gol, uma assistência e um jogo que certamente foi o melhor do jogador com a camisa nerazzurri. O time de Milão está em terceiro na tabela da Serie A, distante da briga pelo título, mas já com uma distância confortável que deixa a vaga na próxima Champions League na mão.

Emprestado até o final da temporada, o jogador ainda não tem destino certo e pode até permanecer no clube italiano, que mostrou interesse. O United só o liberou para atuar até o fim da Serie A, não pela Liga Europa, onde o clube inglês também compete. Já houve conversas para estender o empréstimo por mais uma temporada junto ao Manchester United, embora seja provável que o clube inglês queira uma quantia para vendê-lo em definitivo.

Nesta quarta-feira, Alexis Sánchez jogou no luhar de Romelu Lukaku, que ficou no banco para ser poupado. Formou o ataque do time junto com o argentino Lautaro Martínez. Este, aliás, não tem conseguido manter boas atuações. Na goleada por 6 a 0, ele deixou o gramado aos 23 minutos do segundo tempo, sem agradar. Deu lugar a Lukaku.

O primeiro gol do jogo saiu logo a cinco minutos, em uma jogada justamente de Sánchez, pela direita. Ele cruzou para a área e Ashley Young, ala pela esquerda, chegou batendo de primeira e acertou o canto: 1 a 0. Outro jogador que aproveitou a chance, Victor Moses, que foi o ala pela direita, entrou rápido na área e acabou derrubado por Ales Mateju. Alexis Sánchez se apresentou para a cobrança e marcou: 2 a 0, aos 20 minutos.

O terceiro gol saiu no final do primeiro tempo. Desta vez, Ashley Young avançou pela ala esquerda e, na linha de fundo, cruzou para a área. O zagueiro pela direita, Danilo D’Ambrosio, apareceu como surpresa na área, cabeceando para marcar 3 a 0. Foi o placar do primeiro tempo.

No segundo, a Inter nem deu chance para o Brescia sonhar com qualquer coisa que não fosse uma goleada contra. Mais uma assistência de Alexis Sánchez, que levantou na área para o cabeceio de Roberto Gagliardini: 4 a 0, logo a sete minutos.

Depois do quarto gol, a Inter fez várias alterações, incluindo colocar em campo o francês Lucien Agoumé, de 18 anos, e tem ganhado minutos nesta temporada. O meio-campista substituiu Nicolò Barella. Entraram também Antonio Candreva no lugar de Moses, Lukaku no lugar de Martínez e Christian Eriksen no lugar de Gagliardini.

No final do jogo, a Inter ainda conseguiu colocar outros dois gols no placar. Primeiro, em um lance de Lukaku dentro da área, o camisa 9 girou e chutou, o goleiro Jesse Joronen soltou a bola e Eriksen empurrou para o gol: 5 a 0, aos 38 minutos. Depois, aos 43, Candreva chutou firme para marcar 6 a 0 para os interistas em San Siro.

Além de Sánchez, vale destacar também a boa atuação de Ashley Young pela ala esquerda. Os dois lutam por posição no time. Já Lautaro Martínez e Borja Valero, outro que foi titular, não conseguiram se destacar na partida.

Com 64 pontos, a Inter está tranquila na terceira posição da Serie A. Está a quatro pontos da Lazio e a oito da Juventus. A briga pelo título parece distante demais para o número de rodadas que resta, nove. A Atalanta, com 57 pontos, também parece distante demais para tomar a posição dos interistas e a Roma, com 48 pontos, 16 pontos a menos, já não tem mais qualquer chance de alcançar os interistas, pensando de forma realista.

Por outro lado, o Brescia já se prepara para o retorno à Serie B. O time é lanterna da competição, com 18 pontos, e já está a oito do primeiro clube fora da zona de descenso, o Genoa, com 26. A situação parece quase impossível de reverter a esta altera do campeonato.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore