Alemanha

St. Pauli deixa patrocinador de lado por um jogo e estampará na camisa mensagem contra o fascismo

É difícil encontrar no mundo algum clube que possa fazer paralelo com o St. Pauli quando o assunto é engajamento social. Em diferentes proporções, algumas outras equipes se destacam pelo mesmo caráter social, como o Rayo Vallecano, na Espanha, e o Livorno, na Itália, mas nenhuma delas com a mesma força e o mesmo simbolismo que os Piratas. Sempre coerente com seus ideais, o St. Pauli prepara para a próxima rodada da segundona alemã mais um exemplo de seu posicionamento contundente: em vez de estampar a marca de seu patrocinador, exibirá na frente da camisa a frase “sem futebol para os fascistas”.

VEJA TAMBÉM: Desportiva lança uniforme especial em homenagem a Nelson Mandela

A ação faz parte de uma série de atividades que o clube tem feito desde o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, celebrado em 27 de janeiro. “Sem futebol para os fascistas” é, segundo a publicação no site oficial do clube, o lema que acompanha a torcida do St. Pauli há décadas. A colocação da frase na camisa foi aprovada tanto pelo grupo que representa os torcedores quanto pela liga alemã e pela Congstar, empresa que patrocina o clube e paga para ocupar o espaço no uniforme.

A escolha do jogo para a execução da ideia não poderia ser melhor: nesta sexta, pela 21ª rodada da segunda divisão alemã, contra o RB Leipzig, clube que lidera a competição. Ou seja, uma partida de bastante visibilidade para que a ação repercuta ao menos nacionalmente. Você pode questionar quais os efeitos práticos de uma ação como essa, e, de fato, algo assim serve apenas para reforçar o posicionamento do clube como instituição. Mas ninguém pode reclamar de falta de ações práticas por parte do St. Pauli, porque elas são frequentes e acontecem aos montes.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo