Alemanha

Os debutantes de Löw

Depois do grande desempenho na África do Sul, a seleção alemã mostra cada vez mais que o surgimento de grandes jogadores jovens no país não é apenas obra do acaso, e sim de um planejamento minucioso de um trabalho que envolveu as categorias de base no país. A prova disso é que mais bons jogadores jovens deslancharam nesse início de Bundesliga e conduzem, como protagonistas, seus times ao topo da tabela na competição e mostrando que poderão disputar posição com nomes consagrados num futuro próximo.

A recompensa não demorou a vir: quatro desses atletas foram convocados pelo técnico Joachin Löw para a seleção alemã que enfrentará a Suécia em um amistoso na próxima quarta-feira, dia 17, em Gotemburgo. São eles os meias Lewis Holtby e Andre Schürrle, principais jogadores do vice-líder Mainz 05, o lateral esquerdo Marcel Schmelzer, e o meia Mario Götze, ambos do líder Borussia Dortmund. O último, de apenas 18 anos, foi tema desta coluna na semana passada e se firma cada vez mais como titular na equipe de Jürgen Klopp.

A convocação dos quatro foi merecida. Em que pese a queda de produção de Schürrle e Holtby nas últimas rodadas e as duas derrotas consecutivas do Mainz, ambos têm jogado muito mais bola do que, por exemplo, Marko Marin, que também foi convocado, mas tem sofrido muito em um caótico Werder Bremen que perdeu suas últimas quarto partidas e caminha a passos largos para o abismo. Ou mesmo Piotr Trochowski, que foi à Copa do Mundo, mas faz uma temporada no mínimo discreta pelo Hamburg sem nenhum gol ou assistências em dez jogos disputados, sendo apenas cinco como titular.

É necessário ponderar, no entanto, que Schürrle, Holtby e Götze terão, no futuro, a concorrência de Thomas Müller e Mesut Özil, que não foram convocados por Joachin Löw desta vez. Em um primeiro momento, eles parecem muito atrás nessa luta por uma vaga na equipe, mas é importante relembrar que, até o primeiro jogo da Copa do Mundo, poucos apostavam em Thomas Müller como titular da seleção alemã no torneio. É bom que o próprio Müller esteja atento nos próximos anos, sob pena de perder um lugar que à primeira vista parecia cativo na equipe.

Na lateral esquerda, no entanto, o caminho parece estar mais aberto para Schmelzer, que aos 22 anos, recebe sua primeira chance efetiva na seleção principal após boa passagem pela sub-21. Seguro na defesa e voluntarioso no ataque, ele parece não ter tantos concorrentes na disputa pela posição, pois Badstuber e Jerome Boateng, que se revezaram durante a maior parte dos jogos na Copa do Mundo, atuam melhor como zagueiros e sofreram para marcar atacantes mais rápidos que caíam pelo setor.

Outros dois jogadores do Borussia Dortmund foram convocados: o meia Kevin Grosskreutz e o zagueiro Mats Hummels. Ambos estrearam pela seleção principal em um amistoso contra Malta, em maio, e, no embalo da boa fase dos aurinegros, recebem uma nova chance. O primeiro, embora oscile e seja ofuscado pelos seus colegas Götze e Kagawa, faz uma Bundesliga razoável, enquanto o segundo, apesar de um pouco estabanado em alguns lances, é até aqui o melhor zagueiro da competição.

No ataque, o titular deverá ser Mario Gómez, que vive ótima fase no Bayern Munique com cinco gols marcados nos últimos oito jogos. Com a ausência de Miroslav Klose, contundido, Joachin Löw convocou Patrick Helmes novamente, e o centroavante do Bayer Leverkusen irá compor o banco de reservas com Cacau, que parece ter se firmado de vez no grupo, embora não seja titular.

Bundesliga: Dortmund abre vantagem

O Borussia Dortmund goleou o Hannover 96 por 4 a 0 e se isolou de vez na liderança da Bundesliga com 28 pontos, quatro à frente do Mainz 05, que perdeu por 1 a 0 do Freiburg e já soma duas derrotas consecutivas. Os gols dos aurinegros foram marcados por Kagawa, Lucas Barrios, Lewandowski e Kuba, e a diferença poderia ter sido ainda maior se Nuri Sahin não tivesse desperdiçado um pênalti.

Liderança à parte, o retrospecto do Dortmund impressiona na temporada. Em onz partidas, foram nove vitórias, um empate e apenas uma derrota. De quebra, a equipe tem o melhor ataque do campeonato, com 27 gols marcados, e a melhor defesa, com apenas sete sofridos. A diferença entre o saldo de gols dos comandados de Jürgen Klopp, 20, para o segundo melhor saldo do torneio – O Eintracht Frankfurt, com 9 -, também ajuda a ilustrar a superioridade do clube sobre os demais. O adversário desta sexta-feira é o Hamburg, que já decretou o fim da invencibilidade do Mainz 05 e está em sexto lugar, com 18 pontos.

O Bayer Leverkusen, único time a ter derrotado o Borussia Dortmund, parece voltar a viver um bom momento e já ocupa a terceira posição na tabela com 21 pontos. No último fim de semana, os aspirinas derrotaram o Kaiserslautern por 3 a 1, com dois gols do meia Sidney Sam, que na temporada passada brilhou pelo rival na 2. Bundesliga. O surpreendente Eintracht Frankfurt, do artilheiro Theofanis Gekas, é o quarto, com 19.

Quem parece sair da crise é o Werder Bremen, que já caminha para um estado de catástrofe total após quatro derrotas consecutivas. A última delas, por 6 a 0 para o Stuttgart, foi o maior revés do clube nos últimos 23 anos. Muito mais do que a 11ª colocação no campeonato, com 14 pontos, pesa o estado moral da equipe, que não é dos melhores, e a inconstância de Thomas Schaaf, que altera muito o onze inicial e ainda não conseguiu encontrar um bom padrão de jogo para o time.

Um ano sem Enke

Nesta quarta-feira, o suicídio de Robert Enke completou um ano e a data mobilizou grande parte da comunidade futebolística alemã, que prestou novas homenagens ao goleiro, que na ocasião defendia o Hannover 96. O clube, em seu site oficial, lembrou a data, assim como seus torcedores. O técnico Joachin Löw, acompanhado do presidente da DFB Theo Zwanziger e de Oliver Bierhoff diretor da entidade, foi ao túmulo onde Enke foi sepultado.

 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo