AlemanhaBundesliga

O que move o St. Pauli? Este vídeo destrincha os ideais dos piratas

O St. Pauli tem uma torcida muito particular. Poucas no mundo se posicionam além do futebol de maneira tão contundente. Você pode ou não concordar com a visão política recorrente no Estádio Millerntor, de tendências esquerdistas.  No entanto, a maneira como os piratas combatem preconceitos e desigualdades é louvável. Racismo, homofobia, neonazismo: nada é admitido nas arquibancadas em Hamburgo, motivo de repetidos protestos e ações dos torcedores. Além disso, é um dos diversos clubes alemães que se coloca “contra o futebol moderno” e a transformação de clubes em empresas.

O vídeo abaixo destrincha muito bem os conceitos que movem o St. Pauli fora das quatro linhas. Para quem não conhece, o Copa90 é um excelente canal do Youtube sobre futebol, com reportagens bem bacanas sobre clubes e clássicos além do trivial. E, desta vez, eles conversam com diversos personagens que atuam no clube, de dirigentes a líderes de torcida, para entender a organização dos piratas. Vale conferir também a festa da torcida no Estádio Millerntor, durante os minutos finais da filmagem. E olha que o St. Pauli corre sérios riscos de rebaixamento na segunda divisão do Campeonato Alemão, na lanterna da tabela.

O único porém é que o vídeo está em inglês. Uma opção é ligar o Closed Caption e a tradução simultânea do Google. Não fica perfeito, mas dá uma mão na tentativa de captar a excelente reportagem.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo