AlemanhaBundesliga

Dois grandes negócios, Bayern anuncia as chegadas de Süle e Rudy para 2017/18

Acostumado a contratar alguns dos melhores jogadores rivais na Bundesliga, o Bayern de Munique anunciou dois novos reforços neste domingo. A partir da próxima temporada, os bávaros contarão em seu elenco com Niklas Süle e Sebastian Rudy, ambos trazidos do Hoffenheim e convocados nos últimos meses à seleção alemã. Rudy chegará de graça, após o fim de seu contrato com os alviazuis. Já Süle, especulado por vários clubes nas últimas semanas, vem por um valor estimado em €20 milhões – pechincha, diante de seu potencial.

“Estamos muito felizes com as duas contratações. As transferências de dois jogadores da seleção alemã são investimentos no futuro do clube. Sebastian Rudy chega de graça. Já para a transferência de Niklas Süle, encontramos uma justa e séria solução com o Hoffenheim”, declarou Karl-Heinz Rummenigge, diretor-executivo dos bávaros.

Formado nas categorias de base do Stuttgart, Rudy veio ao Hoffenheim em 2010. Desde então, se transformou em uma das referências técnicas da equipe, chegando a usar também a braçadeira de capitão. Titular absoluto em todos estes anos, com quase 200 partidas pelo clube, passou a ser convocado por Joachim Löw à seleção principal da Alemanha a partir de 2014. No Bayern, será um útil coringa a Carlo Ancelotti. O jogador de 26 anos se adapta a diferentes posições, principalmente como lateral direito e como volante.

Süle, por sua vez, é visto como um zagueiro para o futuro do Nationalelf. O jogador de 21 anos foi levado pelo Hoffenheim ainda nas categorias de base e chegou aos profissionais em 2013. Desde então, demonstrou uma maturidade imensa, tomando conta da posição e se tornando um dos melhores da Bundesliga. Também faz parte das seleções alemãs desde o sub-16 e, depois de conquistar a prata nos Jogos Olímpicos, ganhou os primeiros chamados ao elenco principal. Dono de grande capacidade física, também tem qualidade técnica, especialmente nas bolas longas. Chegou a ser sondado por Chelsea e Paris Saint-Germain.

O Bayern sai ganhando demais nos negócios, e não apenas pela qualidade da dupla, mas também pelos valores. Rudy provavelmente não será titular, mas é ótimo para a rotação, principalmente na lateral. Já Süle é um zagueiro para o tomar conta do espaço aos poucos, em uma posição na qual os bávaros tiveram problemas recorrentes com lesões nos últimos tempos. Pior para o Hoffenheim, justamente quando se candidata a se classificar à próxima Liga dos Campeões. Palavras cumpridas do dono Dietmar Hopp, de que não dá para competir com o clube mais rico da Bundesliga.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo