Como escalar três atacantes que podem jogar como centroavantes para atuarem juntos? Pergunte a Odair Hellmann, técnico do Inter. Na vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo, o treinador escalou Willian Pottker, Nico López e Leandro Damião, que funcionou muito bem. Os dois primeiros atuaram um pouco mais abertos. A boa atuação dos atacantes ajudou o Inter a vencer pela oitava vez no Brasileirão, alcançando o terceiro lugar. Está a cinco pontos do líder, Flamengo, e a três do segundo, São Paulo.

LEIA TAMBÉM: Apoiado na defesa, São Paulo encontra equilíbrio com seus pontas, Éverton e Rojas

Hellmann escalou o time em um 4-3-3 no Beira Rio. No meio-campo, Rodrigo Dourado, o mais recuado, Edenílson e Patrick. Pottker, pela esquerda, foi quem mais trabalhou pelo time. Foi quem mais recuou ao longo do jogo, tentando ajudar o time na criação de jogadas. Nico López, atuando pela ponta direita, também foi importante. Dos três dianteiros, o mais discreto foi Damião, que mesmo assim, conseguiu marcar um gol.

Pottker marcou dois belos gols no primeiro tempo. Completou cruzamento da lateral direita na segunda trave com um chute de primeira, cruzado, sem chance de defesa, aos 28 minutos. Depois, recebeu de Nico López, que estava aberto pela direita, e, no lado esquerdo, chutou forte, novamente cruzado, para ampliar o placar, aos 45 minutos. No início do segundo tempo, o Inter matou o jogo aos 13 minutos. Em jogada de ponta pela direita, Nico López fez uma excelente jogada e cruzou para Damião completar, embaixo do gol.

Discretamente, o Inter tem conseguido somar pontos importantes. A derrota para o América Mineiro, no meio da semana, foi um tropeço inesperado, que custou pontos preciosos. De qualquer forma, o time tem um potencial ofensivo enorme com seus atacantes e, além disso, tem experiência importante com Andrés D’Alessandro, que não joga sempre, mas continua podendo ser importante quando entra em campo. Hellmann tem conseguido usar bem isso.

Víctor Cuesta fez ótima partida contra o Botafogo e faz bom campeonato. Emerson Santos também fez boa partida. O titular é Rodrigo Moledo, que tem sido um dos melhores zagueiros do Brasileiro e isso é um mérito. Nas laterais, o Inter tem Zeca e Iago, dois bons jogadores. E mesmo Patrick, no meio-campo, tem feito um bom campeonato, mostrando um talento que todo mundo sabia que ele tinha, mas que não conseguia ter regularidade. Ele tem conseguido ter e ser importante.

Ainda não dá para saber até onde o Inter pode ir, mas dá para dizer que há excelentes elementos ali, inclusive com um técnico que tem feito um bom trabalho, apesar dos percalços. O ataque é tecnicamente muito bom, mas a defesa montada no Inter também tem ido muito bem. Há bons sinais e o Inter é um time para se ficar de olho.